Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
31°
cotação atual R$

Notícias / Te Cuida

DICAS DE SAÚDE

Dia da Prematuridade: pré-natal adequado detecta e previne doenças oftalmológicas

O parto prematuro pode ser prevenido com um pré-natal adequado, período em que é possível detectar e prevenir uma série de doenças nos bebês.

terça-feira, 17/11/2020, 13:51 - Atualizado em 17/11/2020, 13:51 - Autor: Com informações da assessoria


| Reprodução

O Brasil está entre os dez países com maiores taxas de prematuridade. Segundo o Instituto Nacional de Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente Fernandes Figueira, 12% dos nascimentos ocorrem antes da gestação completar 37 semanas. Todos os anos, 340 mil bebês nascem prematuros.

Para chamar atenção para essa questão, hoje, 17 de novembro, é comemorado o Dia Mundial da Prematuridade. O parto prematuro pode ser prevenido com um pré-natal adequado, período em que é possível detectar e prevenir uma série de doenças nos bebês.

Os problemas da prematuridade vão além do baixo peso e incluem problemas graves de visão. Dados da Agência Internacional para Prevenção da Cegueira estimam cerca de 1,4 milhão de crianças cegas no mundo e 500 mil novos casos de cegueira infantil por ano. No Brasil, são por volta de 26 mil crianças cegas por patologias que poderiam ter sido prevenidas ou tratadas precocemente.

O exame do reflexo vermelho, realizado ainda na maternidade, consegue detectar doenças presentes na câmara anterior do olho. Por outro lado, não é capaz de avaliar a câmara posterior e diagnosticar outras patologias graves, como é o caso da retinopatia de prematuridade e retinoblastoma.

Leia mais:

Brasil corre o risco de emendar 2ª onda de Covid-19 na 1ª, dizem especialistas

Como anda a saúde? Veja as previsões dos signos para 2021

Por isso, as principais maternidades do país começaram a oferecer o teste digital do olhinho. O exame, feito por meio do RetCam, permite avaliação de 130 graus do globo ocular em imagens precisas para auxiliar a detectar precocemente problemas de visão.

Minimamente invasivo, o exame realiza o mapeamento e avaliação da retina do bebê, seja ele prematuro ou não, com base em imagens fotográficas digitais de alta resolução.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS