Diário Online

Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$

Notícias / Santarém

VIOLÊNCIA

Adolescente é estuprada ao aceitar carona no Pará

A adolescente de 17 anos aceitou uma carona para ir à casa de uma amiga e, em seguida, foi vítima da violência sexual

segunda-feira, 05/04/2021, 15:14 - Atualizado em 05/04/2021, 15:14 - Autor: Com informações do portal Debate Carajás


No local do crime, foram encontrados vários pertences da vítima e uma camisa do suspeito
No local do crime, foram encontrados vários pertences da vítima e uma camisa do suspeito | Reprodução

A Delegacia de Polícia (Depol) da cidade de Uruará, no oeste do Pará, prendeu, na manhã deste domingo (4), um jovem de 20 anos apontado como principal suspeito de um estupro cometido na tarde de sexta-feira (2) no Bairro Nova Uruará. As informações são do portal Debate Carajás. 

De acordo com autoridades policiais, a vítima é uma adolescente de 17 anos. Ela aceitou uma carona oferecida pelo acusado para ir à casa de uma amiga na sexta-feira. Durante o trajeto, a violência sexual foi cometida, segundo relatos da vítima. 

Por volta das 20h30 da sexta-feira, a adolescente denunciou o crime na delegacia de Uruará, acompanhada da mãe. A vítima informou, ainda, que o criminoso era conhecido de uma amiga.

A adolescente relatou que o rapaz de 20 anos teria se oferecido para leva-la até a casa da amiga dela e, durante o percurso, seguiu para um lugar desabitado no Bairro Nova Uruará, onde cometeu o estupro. Em seguida, deixou a vítima despida e desacordada.

Para a mãe, a jovem disse que estava bastante machucada e sentindo dores nas partes íntimas. Ela foi levada ao Pronto Socorro da cidade, onde recebeu atendimento médico. 

Com as informações do suspeito, policiais civis de plantão conseguiram identificar e localizar o autor do crime. Ele foi preso em flagrante. 

No local do crime, foram encontrados vários pertences da vítima e uma camisa do suspeito. O suspeito, que não teve o nome revelado, encontra-se recolhido na carceragem da Depol à disposição da Justiça.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS