Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$

Notícias / Santarém

FECHADO

Lockdown já está em vigor em Santarém e demais cidades do oeste paraense

Identificação da nova cepa do novo coronavírus e ao aumento de leitos clínicos de UTI levaram à necessidades das medidas

segunda-feira, 01/02/2021, 08:40 - Atualizado em 01/02/2021, 08:39 - Autor: DOL e Agência Pará


Cidade de Santarém é a maior da região oeste do Pará
Cidade de Santarém é a maior da região oeste do Pará | Agência Pará

A circulação de pessoas que não estejam em atividades consideradas essenciais está proibida nas cidades da região oeste paraense. Cidades como Santarém e Juruti e todo o Baixo Amazonas e Calha Norte iniciaram o lockdown à meia-noite desta segunda-feira (1º).

O decreto 595/2020 com as medidas restritivas foi publicado no Diário Oficial pelo governo do Estado último domingo (31) e compreende 13 cidades da região.

LEIA MAIS!

Manhã começa com acidente entre táxi e carro de aplicativo em Belém

Chefe do MP do Pará é alvo de nova denúncia no Conselho Nacional do Ministério Público
Os municípios que integram o Baixo Amazonas são: Alenquer, Almeirim, Belterra, Curuá, Faro, Juruti, Mojuí dos Campos, Monte Alegre, Óbidos, Oriximiná, Placas, Prainha, Santarém e Terra Santa

Entre as medidas de advertência estão multa diária R$ 50 mil para pessoas jurídicas e R$ 150 para pessoas físicas, MEI, ME e EPP's. Os valores poderão ser duplicados em caso de reincidência.

O decreto prevê ainda medidas como embargo e interdição de estabelecimentos comerciais.

A fiscalização ficará por conta dos municípios. Eventos públicos, atividades coletivas, esportivas, religiosas e fechamentos de praias e balneários estão em vigor durante o lockdown quando perdura o bandeiramento preto.

MEDIDAS

O governo do Estado vem intensificando os investimentos e as ações de enfrentamento à pandemia de Covid-19 em todo o Pará, em especial, no extremo oeste paraense, localizada próximo ao Amazonas. O estado vizinho já enfrenta uma crise na saúde ocasionada pela segunda onda do coronavírus.

Na madrugada deste sábado (30), chegou ao Aeroporto Internacional de Santarém, Maestro Wilson Fonseca, mais uma remessa de 180 cilindros com 10 metros cúbicos (m³) de oxigênio medicinal comprimido em cada unidade. O carregamento faz parte de uma encomenda de 500 cilindros feita pelo Governo do Pará para abastecer as unidades de saúde de todo Oeste do Estado. Esse foi o segundo abastecimento de oxigênio para a região nos últimos cinco dias. Ao longo desta semana, serão enviados mais 140 cilindros.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS