Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
30°
cotação atual R$

Notícias / Santarém

TRAGÉDIA

Barco que saiu de Macapá rumo a Santarém naufraga e deixa um morto e desaparecidos

sábado, 29/02/2020, 15:06 - Atualizado em 29/02/2020, 15:04 - Autor: Com informações do portal O Estado Net e Marinha do Brasil


Barco naufragou e várias pessoas estão desaparecidas.
Barco naufragou e várias pessoas estão desaparecidas. | Reprodução

Um barco naufragou na madrugada deste sábado (29), nas proximidades da Boca do rio Jari, ao sair  da localidade do Porto do Grego, no município de Santana (AP) com destino à Santarém, no oeste do Pará. As informações são do portal O Estado Net. 

Segundo a Marinha do Brasil, por meio da Capitania dos Portos do Amapá, o comandante da embarcação confirmou que há um morte e várias pessoas desaparecidas. 

Ainda de acordo com o comandante da embarcação, os passageiros caíram na água após um forte vente. Alguns, chegaram a ser resgatados por uma balsa que passava pelo local. 

Segundo a Marinha, após tomar conhecimento do ocorrido, a Capitania dos Portos enviou imediatamente uma equipe de busca e salvamento para o local do naufrágio a fim de realizar buscas aos desaparecidos. Foi instaurado um inquérito para apurar as causas, circunstâncias e responsabilidades do acidente.

A embarcação denominada “ANNA KAROLINE III” está registrada junto à Autoridade Marítima. O barco é pertencente à empresa ErlonNav, de Santarém. Segundo relatos, a mesma embarcação pegou fogo há dois anos quando fazia a mesma rota. 

A Marinha do Brasil lamenta o ocorrido e incentiva a sociedade a participar ativamente no esforço de fiscalização, informando qualquer situação que possa afetar a segurança da navegação, a salvaguarda da vida humana no mar e vias navegáveis ou que represente risco de poluição ao meio hídrico, por meio do Disque Emergências Marítimas e Fluviais: 185 e pelo telefone (96) 3281-5480.

O Governo do Pará, através da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), informou que também ofereceu apoio nas buscas pelas vítimas do naufrágio, colocando à disposição três lanchas e uma embarcação com capacidade para transporte de pessoas do Grupamento Fluvial, além de um efetivo de cerca de 12 policiais entre civis e militares; duas aeronaves do Grupamento Aéreo de Segurança Pública e seis mergulhadores do Corpo de Bombeiros também estarão apostos para auxiliar no resgate.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS