Diário Online

Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
28°
cotação atual R$
ECONOMIA

Congresso Nacional e Economia discutem novo Refis

Programa foi criado para facilitar a regularização de impostos em atraso por pessoas físicas e jurídicas

segunda-feira, 22/03/2021, 22:07 - Atualizado em 22/03/2021, 22:06 - Autor: Com informações de Renato Machado/Folha de S. Paulo


Presidente do Senado, Rodrigo Pacheco adiantou que são realizadas negociações com o Ministério da Economia para ajuste do programa.
Presidente do Senado, Rodrigo Pacheco adiantou que são realizadas negociações com o Ministério da Economia para ajuste do programa. | Marcos Oliveira/Agência Senado

Criado para facilitar a regularização de impostos em atraso por pessoas físicas e jurídicas, o novo Refis terá condições “melhores”, considerando as dificuldades enfrentadas pelos empresários em meio a pandemia da Covid-19. O comunicado foi feito pelo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG) nesta segunda-feira (12).

A expectativa é que a proposta, cujo relator é o senador Fernando Bezerra (MDB-PE), possa ser discutida no plenário do Senado na semana após a Páscoa, apesar de enfrentar resistência da equipe do ministro da Economia, Paulo Guedes, com quem o Congresso Nacional tem discutido os principais pontos há, pelo menos, duas semanas.

“Então estamos cobrando do ministério da Economia que estabeleça um pacote de socorro na crença de que isso agora vai ser temporário, passageiro e num curto espaço de tempo porque a vacina nós temos muita expectativa nela”, afirmou Pacheco.

A proposta é negociada com o Ministério da Economia para que o novo Refis no Brasil sirva como um “alento ao contribuinte, ao setor empresarial”, nas palavras do presidente do Senado.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS