Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$

Notícias / Política

ESSA NÃO!

Bolsonaro nega que a mãe tenha sido vacinada com Coronavac

Aos 93 anos, Olinda foi imunizada enquanto outras pessoas do grupo prioritário receberam a Coronavac

sexta-feira, 19/02/2021, 22:01 - Atualizado em 19/02/2021, 22:43 - Autor: DOL


| Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro confirmou que a mãe recebeu a vacina contra a covid-19, mas afirmou que ela recebeu o imunizante de Oxford/AstraZeneca, e não a vacina Coronavac.

Olinda Bonturi Bolsonaro foi vacinada contra a covid-19 no último dia 12, em casa, em Eldorado, no Vale do Ribeira, região sul de São Paulo.

Oficialmente, a prefeitura de Eldorado confirmou a vacinação de Olinda, mas disse não poder informar que vacina ela recebeu.

Aos 93 anos, Olinda foi imunizada enquanto outras pessoas do grupo prioritário receberam a Coronavac, vacina desenvolvida pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac.

Funcionários disseram que, no mesmo dia em que ela foi imunizada, outras 25 pessoas da mesma faixa etária receberam a vacina – todas as doses aplicadas no dia eram da Coronavac.

Durante a live, Bolsonaro chegou a exibir um papel com a reprodução do cartão de vacina que disse ser da mãe.

Segundo ele, a vacinação de dona Olinda teria sido usada pela imprensa para fazer “politicagem”.

“O cara (enfermeiro) foi embora, vacinou minha mãe e foi embora. Duas horas depois o cara volta lá todo apavorado, vai atrás da casa da minha mãe, chama lá a pessoa que acompanha minha mãe, pega o cartão de vacina dela, que é este aqui e rasga”, relatou. “E daí entrega para minha mãe a vacina escrito aqui embaixo ‘Butantan'”, acrescentou. 

Bolsonaro afirmou que, após a aplicação da vacina, um funcionário do atendimento de saúde teria rasgado o cartão de vacinação dela e entregado outro com uma identificação do Butantan.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS