Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
23°
cotação atual R$

Notícias / Política

DEPUTADOS

Arthur Lira, apoiado por centrão e Bolsonaro, é eleito presidente da Câmara

No entendimento de especialistas, a eleição de Arthur significa um alinhamento da Cãmara dos Deputados com a agenda de Jair Bolsonaro

segunda-feira, 01/02/2021, 23:02 - Atualizado em 02/02/2021, 20:02 - Autor: Igor Wilson


| Divulgação

O líder do centrão, Arthur Lira (PP-AL), é o novo presidente da Câmara dos Deputados para o biênio 21/22. O deputado alagoano venceu em primeiro turno a disputa, com 302 dos 513 votos possíveis. Seu principal opositor, Baleia Rossi (MDB-SP), apoiado por Rodrigo Maia (DEM), ficou com 145 votos.

A eleição de Arthur é considerada uma aproximação da Câmara dos Deputados com a agenda do governo de Jair Bolsonaro. O pleito também ficou marcado por um racha inédito no centrão, formado por diversas siglas que, juntas, formam o maior bloco da Câmara.

A vitória de Arthur Lira já era prevista nos bastidores do Congresso. Ao longo da semana, o presidente Jair Bolsonaro declarou apoio a candidatura de Lira. O presidente conseguiu negociar, nos bastidores, apoio de parlamentares do bloco centrão a candidatura do pernambucano. Entre as promessas, Bolsonaro ofereceu aprovações de emendas e cargos em comissões e ministérios.

A candidatura de Baleia Rossi foi se desidratando ao longo da semana, com vários deputados mudando de lado e declarando apoio a Lira. O próprio DEM retirou apoio a candidatura de Baleia e declarou neutralidade, o que deixou Rodrigo Maia indignado com seu partido e cogitou sua saída. Questionado, o presidente do partido, deputado ACM Neto, disse que foi a única opção diante da pressão de uma parte significativa da sigla e que espera conversar com Rodrigo Maia após a "poeira baixar".  

Rodrigo Pacheco é eleito o novo presidente do Senado Federal

Nove deputados disputam a Presidência da Câmara; veja lista

Em seu primeiro discurso, Arthur Lira prometeu pautar as reformas sem nenhum tipo de preconceito e pediu união entre todos os deputados. "precisamos amparar os brasileiros que estão em estado de desespero econômico por causa da covid-19. Temos de vacinar nosso povo e buscar o equilíbrio de nossas contas públicas. Irei propor ao novo presidente do senado uma ideia geral de pauta emergencial, para encaminharmos o temas urgentes. Não serei eu que irei dizer o tema, seremos nós", disse, prometendo avançar nas reformas necessárias para crescimento econômico do Brasil.

As vitórias de Arthur Lira e Rodrigo Pacheco são consideradas como uma vitória de Jair Bolsonaro. A aproximação inédita da Câmara e do Senado às pautas do bolsonarismo abre terreno para as reformas econômicas desejadas pelo Governo Federal.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS