Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
25°
cotação atual R$

Notícias / Política

ELEIÇÕES 2020

Edmilson Rodrigues quer apoio de partidos da maioria para segundo turno

O candidato do PSOL ficou em primeiro lugar, com 34,24% (245.282 votos)

domingo, 15/11/2020, 21:33 - Atualizado em 15/11/2020, 23:39 - Autor: Diário Online


| Reprodução

Edmilson Rodrigues (PSOL) se pronunciou sobre sua ida ao segundo turno das eleições para prefeitura de Belém na noite deste domingo (15). O candidato, que ficou em primeiro lugar com 34,24% (245.282 votos) e irá disputar o cargo com Everaldo Eguchi (Patriota), afirmou que aguarda apoio de outros partidos da maioria para enfrentar o segundo turno, que ocorrerá no próximo dia 29.

"Creio que as bases dos partidos, dos vários candidatos, virão para nós. O sentimento que a gente percebe é que o povo não quer atirar no escuro, as pessoas querem um futuro com pés no chão. Nós vamos alimentar os sonhos e incentivar o poder de pássaro que está em cada belenense. Nós vamos chamar todo o povo, as lideranças partidárias que vierem serão muito bem-vindas, mas nossa aliança é com o povo", disse Edmilson.

CONFIRA: Entenda o que leva à disputa para prefeito ao 2º turno

Quando questionado se conhecia a fundo seu adversário, o candidato socialista disse que acha muito importante que a população belenense conheça mais sobre Everaldo, pregando respeito. "Nossa forma de fazer política é afirmando o que nós vamos fazer e respeitando o adversário", disse.

A disputa do segundo turno em Belém surpreendeu a muitos e representa o embate de forças antagônicas. De um lado, o socialista Edmilson Rodrigues, que já foi prefeito da capital duas vezes, e do outro, o conservador bolsonarista Everaldo Eguchi, considerado a surpresa do pleito. 

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS