Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
30°
cotação atual R$

Notícias / Polícia

Polícia

Casal é preso com 8 mil comprimidos de ecstasy que seriam vendidos nos balneários do Pará

quinta-feira, 13/06/2019, 14:42 - Atualizado em 13/06/2019, 14:58 - Autor:



Cerca de 8 mil comprimidos da droga sintética MDMA (Metilenodioximetanfetamina), conhecida popularmente como "ecstasy", foram apreendidos e um casal foi detido, pela Polícia Civil do Pará, na noite desta quarta-feira (12), em Belém. O entorpecente seria distribuído em balneários durante as férias de julho e foi apresentado nesta quinta-feira (13).


As drogas foram apreendidas durante operação realizada por policiais civis da Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc), após a prisão em flagrante do casal Esteana de Medeiros Soares D'Oliveira e Eduardo Alcântara da Silva, em Belém. Os dois foram autuados por prática de tráfico de entorpecentes e associação para o tráfico.


Segundo o delegado Augusto Potiguar, titular da Denarc, após investigações de um esquema de tráfico de drogas, os policiais civis passaram a investigar o paradeiro dos suspeitos do crime. "Eles eram investigados por traficar entorpecentes do tipo 'ecstasy' e distribuir a droga em festas de música eletrônica", explica o policial civil.


Informações obtidas pela Polícia Civil apontavam que o casal estava em posse de grande quantidade de entorpecente, cuja destinação seria a revenda no período de férias, no próximo mês de julho, em balneários do Estado do Pará.


O casal foi abordado logo após sair de um hospital particular, no bairro do Marco, em Belém. Na ocasião, os dois foram flagrados com uma embalagem plástica na qual havia cerca de 100 comprimidos de "ecstasy".


O casal foi conduzido até o apartamento onde reside, no bairro do Castanheira, e, lá, foram  encontrados os 8 mil comprimidos da droga sintética. O casal recebeu voz de prisão em flagrante e foi conduzido ao prédio da Divisão Estadual de Narcóticos, no bairro do Telégrafo, em Belém, para lavratura do procedimento policial por prisão em flagrante.


TRÁFICO ABALADO


Com a prisão do casal, já são seis pessoas presas por tráfico de drogas, pela Denarc, nos últimos três dias. Na terça-feira (11), foram presos Breno Diego de Oliveira, Renan Ricardo Miranda Costa e Everton Joabe Marinho Farias, por tráfico de entorpecentes e associação para o tráfico.


Após investigações, policiais civis da Denarc foram até a residência de Breno, onde localizaram cerca de 100 gramas de "skunk", um tipo de maconha produzida em laboratório.


No momento da sua prisão, Breno confessou o crime e informou aos policiais quem era o fornecedor da droga, identificado como Renan Ricardo Costa, que já vinha sendo investigado pela Denarc.


"Breno informou que Renan iria encontrá-lo próximo a um supermercado. Na oportunidade, a equipe se deslocou ao endereço e ali efetuou a prisão de Renan, que estava em posse de aproximadamente 250 gramas de 'Skunk", explicou o delegado Augusto Potiguar.




Breno Diego de Oliveira, Renan Ricardo Miranda Costa e Everton Joabe Marinho Farias foram presos por tráfico de entorpecentes e associação para o tráfico. Foto: Divulgação Polícia Civil


Em seguida, os policiais civis foram até a casa onde residia Everton, terceiro envolvido no esquema de de tráfico de "skunk", responsável por distribuir o entorpecente para Renan. No local, Everton foi flagrado com cerca de 5 quilos da maconha modificada.


"A associação criminosa já vinha sendo investigada havia meses por policiais da Denarc e era responsável por intensa comercialização desse tipo de maconha em Belém".


Ainda, no mesmo dia, em outra investigação, policiais civis da Denarc prenderam em flagrante Aline Paes Antony Cunha. Ela foi flagrada no momento em que realizava a entrega de aproximadamente 50 gramas de maconha comum próximo a um posto de combustíveis na Avenida Alcindo Cacela, bairro da Cremação. A mulher foi conduzida para a Denarc para ser autuada em flagrante por tráfico de drogas.


As informações são da Agência Pará.


(DOL)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS