Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
29°
cotação atual R$

Notícias / Polícia

Polícia

Pais de aluno que fez ameaças a colegas e professor serão chamados para depor

quarta-feira, 08/05/2019, 16:57 - Atualizado em 08/05/2019, 17:03 - Autor:



Os pais do estudante que fez ameaças a alunos do colégio Nazaré e o professor que presenciou o momento das ameaças devem ser ouvidos pela Polícia Civil do Pará, afirmou o delegado Marco Antônio Duarte, diretor de Polícia Metropolitana, em entrevista à RBATV na tarde desta quarta-feira (8).


Autor de ameaças é maior e afirmou que sentiria prazer em ver 'maristinhas' com medo


De acordo com Marco Antônio, já que o estudante - identificado apenas pelo prenome de Bruno - tem mais de 18 anos, o caso foi registrado na Seccional de São Brás. Boletim de Ocorrência também foi feito nesta quarta-feira.


O delegado afirmou que, segundo apurações iniciais, uma rixa entre o aluno e um professor fez com que o estudante fosse hostilizado por colegas de sala. Em um dos momentos de atrito, o aluno realizou as ameaças contra os estudantes do colégio Nazaré, inclusive contra crianças de séries iniciais.


Para Marco Antônio, o estudante precisa de acompanhamento psicológico, e as causas que levaram ao comentário devem ser investigadas, nunca descartando a hipótese de as ameaças serem reais.


A delegada Janice Aguiar, diretora da Divisão De Atendimento ao Adolescente (Data), esteve no local na manhã desta quarta-feira (8), e apurou informações sobre o caso. Ela teria ido ao colégio após pedidos de alguns pais que estariam preocupados com a situação. A Polícia Militar também esteve na escola para acompanhar.


De acordo com a direção do Nazaré, após a identificação do aluno, ele foi afastado por alguns dias das atividades escolares. Porém, com as informações colhidas no local, o caso será investigado pela Seccional de São Brás, tudo com a apuração da própria delegada, já que não foi registrado Boletim de Ocorrência (BO) pela instituição sobre o caso.


Alguns alunos relataram para a delegada que eram comuns esse tipo de ameaça vinda de Bruno. E que em muitos momentos ele dizia que andava armado e que sentiria prazer em ver os “maristinhas” desesperados correndo de medo. “Maristinhas” é a denominação da escola para alunos da educação infantil e fundamental.


PREOCUPAÇÃO


Em conversa com os pais de alunos, a escola deu a garantia de que uma segurança particular irá ser contratada pela instituição.


O fluxo de pais foi intenso no local durante toda a manhã. Eles buscavam informações e medidas da direção do Nazaré.


A reportagem checou também que a frequência dos estudantes nas aulas diminuiu nesta quarta-feira.


POSICIONAMENTO


O colégio ainda não possui uma maior atualização sobre o caso, nem sobre a possível suspensão das aulas. Apenas no período da tarde serão definidas as providências que serão seguidas pelo Nazaré.


(DOL)




Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS