Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
29°
cotação atual R$

Notícias / Polícia

Polícia

Homem que assassinou irmão de delegado morre em confronto com policiais

sábado, 04/05/2019, 10:54 - Atualizado em 04/05/2019, 11:36 - Autor:


Patrício da Silva Lima, também conhecido como “Lourinho” e “Pó Branco” morreu na manhã deste sábado (4), em confronto com policiais civis durante uma operação policial deflagrada no distrito de Vila dos Cabanos, zona rural de Barcarena, no nordeste paraense.



Segundo a Polícia Civil, no momento da abordagem policial, Patrício atirou três vezes em direção aos policiais, que reagiram.


O suspeito foi baleado e ainda chegou a ser socorrido com vida até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da região, mas não resistiu.



Ainda de acordo com a PC, no momento em que o foragido foi abordado, ele estava armado com uma pistola tipo PT940, usada para atirar contra os policiais. Um dos tiros chegou a atingir o coldre (suporte de arma) de um dos policiais civis, que não foi ferido. Na arma do foragido, haviam oito munições ainda intactas.


ASSASSINATO EM ANANINDEUA


“Lourinho” foi apontado como autor do assassinato do vigilante Edson Paixão, no dia 24 de abril de 2018, em Ananindeua, Região Metropolitana de Belém. A vítima era irmão do ex-delegado geral e atual presidente da Associação de Delegados do Pará (Adepol-PA), João Moraes.



Contra Patrício Lima, havia mandado de prisão expedido pela Vara Criminal de Ananindeua pela autoria do homicídio.



A operação policial foi desencadeada por policiais civis da Polinter (Serviço de Polícia Interestadual de Buscas e Capturas); Diretoria de Polícia Especializada (DPE); NIP (Núcleo de Inteligência Policial); Delegacia de Vila dos Cabanos e GPE (Grupo de Pronto-Emprego) que foram até a casa do foragido, situada na área de invasão São José.


(DOL)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS