Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
31°
cotação atual R$

Notícias / Polícia

Polícia

Homem com várias passagens pela Polícia morre após troca de tiros no Paar

domingo, 28/04/2019, 10:27 - Atualizado em 28/04/2019, 10:39 - Autor:


Policiais militares da 1ª Companhia do 29º Batalhão, com sede no conjunto Paar, em Ananindeua registraram uma ocorrência depois de uma intervenção policial com resultado de morte na última sexta-feira (26).


A ação ocorreu na avenida Rio Tapajós com a alameda São Paulo, no Paar e envolveu equipes do serviço de moto patrulhamento e três viaturas do 29º Batalhão, que tem no comando o tenente coronel Morais.


Segundo o relato da ocorrência os policiais militares receberam uma denúncia anônima repassada por populares, que vários homens estavam ao final da alameda São Paulo, fazendo vídeos de apologia ao crime ostentando armas de fogo. A ação criminosa chamou atenção de moradores, que temiam um desfecho trágico devido à rua ser movimentada, sempre com crianças chegando ou saindo para as escolas no bairro.


Conhecedores da área, os policiais militares fizeram o cerco da alameda São Paulo e com a aproximação dos militares, foi visualizado três suspeitos com armas de fogo em mãos.


Quando se pensava que eles pudessem se render, os criminosos surpreenderam os policiais efetuando disparos, e um deles acabou falecendo. Na confusão instalada, os dois comparsas conseguiram fugir pulando quintais. De imediato, foi prestado o devido socorro ao suspeito, identificado como Sidney Gaia Monteiro, de 28 anos. Ele foi levado a Unidade de Pronto Atendimento do Icuí, onde acabou falecendo. Com ele, os policiais encontraram uma arma de fogo tipo revólver calibre 38 sem numeração com duas munições deflagradas e duas intactas, cujo material foi apresentado na Seccional Urbana do Paar para procedimentos.



Na arma apreendida, havia duas balas deflagradas e duas intactas Foto: JR Avelar


Sidney Gaia Monteiro tinha passagens pela polícia. Nos registros da polícia, ele já tinha participado de várias ações criminosas. Ele estava de alvará com a situação de liberdade provisória respondendo pela 5ª Vara Penal de Ananindeua.


(JR Avelar/Diário do Pará)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS