Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
25°
cotação atual R$

Notícias / Polícia

Polícia

Após matar e mutilar irmão de 5 anos, jovem de 18 anos é presa

sexta-feira, 05/04/2019, 11:38 - Atualizado em 05/04/2019, 12:54 - Autor:


Após matar e mutilar o irmão de cinco anos dentro de casa, Karina Aparecida da Silva, de 18 anos, foi presa na noite de quinta-feira (4), em São Roque, interior de São Paulo.



Segundo a Polícia Civil, a mãe tinha saído e deixado a filha mais velha cuidando do menino, porém quando voltou, a jovem havia se trancado dentro de casa e se nagava a abrir. Foi então que um cunhado arrombou a porta e a mulher conseguiu entrar. 


Na residência, a cena chocou a família. O corpo do menino estava no chão do quarto e ao redor dele várias velas acesas. A criança  estava morta e com sinais de queimaduras pelo corpo. 


Políciais militares foram chamados para conter a menina que segundo contou o cunhado, além de agressiva, estava jogando objetos contra a família. Ele foi atingido por uma pedrada. 


Karina foi autuada por homicídio e levada para a delegacia da Polícia Civil, em seguida, foi encaminhada para a cadeia feminina de Votorantim, cidade da região.



Foto: Reprodução/Delegacia de São Roque


Peritos do Instituto de Criminalística da Polícia Civil iniciaram as investigações na residência e apreenderam um celular queimado, provavelmente pela jovem, um cartão de memória, um canivete e uma porção de maconha, serão enviados para a perícia analisar.


O corpo do menino foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Sorocaba e passou por necropsia. Um exame inicial indicou que o garoto já estava morto quando sofreu a mutilação.


De acordo com a Polícia Civil, ao que tudo indica a jovem usou um travesseiro para matar o irmão asfixiado e, em seguida, desprezou o corpo.


A investigação também vai apurar se Karina fazia parte de algum grupo de satanismo ou magia negra pelas redes sociais e, se teve incentivo de alguém para praticar o crime.


A jovem passou por audiência de custódia na manhã desta sexta-feira (5) e foi mantida presa. O corpo do menino foi velado em São Roque.


A família não quis se manifestar sobre o caso. O defensor público que acompanhou a jovem informou que ainda não irá se pronunciar.


(Com informações do Portal Notícias ao Minuto)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS