Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
32°
cotação atual R$

Notícias / Polícia

Polícia

Repreensão a filho motivou briga e tiro de PM em marido bombeiro

segunda-feira, 25/03/2019, 10:39 - Atualizado em 25/03/2019, 11:35 - Autor:


Uma repreensão ao filho teria motivado a briga do casal, Chiara Lubice Damasceno Ribeiro, soldado da Polícia Militar e o bombeiro militar, Oscar dos Santos Ferreira Junior que resultou no ferimento à bala, após ela, ter atirado nele no último domingo (24), no município de Paragominas, no sudeste paraense.



De acordo com a Polícia Civil, Chiara compareceu na unidade policial de Paragominas custodiada por um oficial da PM. Segundo ela, o marido não teria gostado da repreensão que ela fez ao filho após uma travessura em casa, passando a ser agredida fisicamente com puxões nos cabelos.


Segundo Chiara, ela foi levada para o quarto, onde passou a ser espancada pelo bombeiro militar. Ela contou ainda, que o marido pegou, por diversas vezes, a arma de fogo da vítima e apontou contra sua cabeça em meio às agressões físicas, afirmando que a mataria.


Chiara disse ainda, no depoimento, que aproveitou o descuido do marido para pegar a arma e tentar fugir com as crianças, mas, segundo ela, ao perceber a tentativa, Oscar teria a perseguido e feito novas ameaças de agressão. Ao se sentir acuada, a PM contou que resolveu atirar uma única vez em direção à perna do marido, fugindo do local com os filhos.



Segundo a Polícia Civil, os policiais que foram ao local, conduziram a vítima em função dela e do marido serem militares, bem como o fato da arma do crime pertencer à PM. No que compete à PC, como o entendimento foi legítima defesa, ela não fica presa em flagrante, mas haverá processo na Justiça.




Saúde do bombeiro militar


O Corpo de Bombeiros informou em nota, que Oscar Junior levou um tiro de .40 na panturrilha direita. Ele foi socorrido consciente para o Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE), em Ananindeua.


Ainda segundo os Bombeiros, o militar teve uma fratura na tíbia, fíbula e forte hemorragia. Oscar foi operado na manhã desta segunda-feira (25) e passa bem.


(DOL)


 


PM atira em marido bombeiro; família nega agressão

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS