Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$

Notícias / Polícia

Polícia

Polinter cumpre oito mandados de prisão preventiva em dez dias em Belém

quarta-feira, 20/03/2019, 22:08 - Atualizado em 20/03/2019, 22:08 - Autor:


Policiais civis do Serviço Interestadual Policial de Buscas e Capturas (Polinter) cumpriram oito mandados de prisão em menos de dez dias, em Belém, decretados pela Justiça contra criminosos. O balanço foi divulgado, nesta quarta-feira (20). Dois mandados foram cumpridos nesta terça-feira (19), na capital paraense, pela equipe da Polinter, unidade policial responsável em cumprir mandados de prisão e realizar outras diligências policiais solicitadas por autoridades policiais e judiciais. Os presos são Ana Benedita Barroso Correa e seu companheiro José Everaldo da Silva Marinho, indiciados em inquérito policial pela autoria de homicídio. O crime ocorreu, em 2011, no bairro da Guanabara, em Ananindeua. A vítima foi Josenildo Gonçalves. 


O caso foi denunciado à Polícia Civil pela irmã da vítima na época. De posse dos mandados de prisão expedidos pela Vara do Tribunal de Júri de Ananindeua, a equipe policial, sob comando do delegado Raphael Cecim, titular da Polinter, e do chefe de operações Hilário Júnior, realizou a busca e localizou os acusados para dar cumprimento à ordem de prisão do casal. A prisão foi realizada por meio de investigações. Conforme os policiais, no dia 28 de dezembro de 2011, Josenildo saiu de sua residência por volta das 06:30 da manhã para trabalhar. Enquanto estava em seu carro, a vítima foi surpreendida pela parada de um veículo ao seu lado de onde foi efetuado um disparo de arma de fogo. Ele não resistiu e morreu. Na época, a vítima vivia maritalmente com Ana Benedita em um relacionamento que durou 7 anos.


Segundo testemunhas próximas à vítima, Josenildo já estava com planos de terminar o relacionamento com Ana, devido a brigas e ameaças que vinha sofrendo por ela, e que Ana tinha um relacionamento amoroso (amante) com Everaldo, que trabalhava como taxista. Durante investigações, testemunhas informaram que Everaldo seria ciumento e teria dito que “o relacionamento dela com a vítima não iria ficar assim”. Conforme apurou a equipe da Polinter, durante as investigações, foi constatado que Ana Benedita e José Everaldo viviam atualmente juntos, morando no mesmo imóvel localizado no bairro do Tenoné, distrito de Icoaraci, em Belém. Agora presos, os dois permanecerão recolhidos à disposição da Justiça.


OUTROS MANDADOS


Em menos de dez dias, oito mandados de prisão foram cumpridos pela equipe da Polinter. No último dia 12, dois mandados de prisão decretados contra a presidiária Naira Adriele Viana Sousa, 22 anos, foram cumpridos no presídio do Centro de Reeducação Feminino em Ananindeua. Em um dos processos por roubo, ela foi condenada à pena de seis anos, dois meses e 20 dias de reclusão, pela 2ª Vara Criminal de Belém, por ter participado do assalto a um ônibus, em 7 de janeiro de 2016, na rua Celso Malcher perto da Rua da Olaria, na Terra-Firme em Belém.


Outro mandado cumprido no mesmo presídio foi o da presidiária Erica do Socorro Miranda Trindade que responde a processo por tráfico de drogas. Ainda no dia 12, foi cumprido, no distrito de Outeiro, em Belém, o mandado de prisão de Fanete dos Santos Mourão, 46 anos, por lesão corporal no âmbito da violência doméstica.


No último dia 15, foi cumprido o mandado de prisão de Haroldo Monteiro Ferreira, 66 anos, no bairro da Maracangalha, em Belém. Ele foi condenado à pena de nove anos de reclusão por estupro de vulnerável. Outro mandado de prisão cumprido foi o de Luciano dos Santos Araujo, 36 anos, no último dia 11, no bairro do Benguí, na capital paraense. Ele responde a processo por crime de estupro de menor.


 

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS