Notícias / Polícia

INSEGURANÇA

Família de policial assassinado é ameaçada por motoqueiros

Segunda-Feira, 29/10/2018, 16:35:43 - Atualizado em 29/10/2018, 19:20:00 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Família de policial assassinado é ameaçada por motoqueiros  (Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)

A família do sargento da Polícia Militar João Batista Menezes Dias, que foi morto a tiro na última semana, foi ameaçada na manhã desta segunda-feira (29), quando chegava na residência onde moram, na rua das Hortências, em uma invasão conhecida como Capucho, bairro do Tapanã, em Belém. 

Dois homens em uma motocicleta se aproximaram da família e perguntaram se eles moravam na residência. O filho do policial respondeu que sim e então, um dos ocupantes falou: “então é bom se mudar”. Em seguida saíram do local efetuando disparos de arma de fogo para cima. 

Com medo, os familiares pediram apoio do 1º Batalhão, onde o sargento assassinado trabalhava, para que fosse feita a mudança imediatamente. 

Quatro viaturas e mais um caminhão da Polícia Militar deram apoio à família durante a mudança. 

O sargento da Polícia Militar João Batista Menezes Dias foi assassinado no dia 24 deste mês, no momento que chegava em casa com a esposa. Os criminosos o abordaram e pediram para que ela se afastasse, efetuando em seguida disparos na cabeça de João Batista. Após o crime, os criminosos levaram a arma do PM. Até o momento ninguém foi preso.  

Com a morte do sargento, já são 50 agentes de segurança pública assassinados no Pará este ano.

(DOL com informações de Tâmella Almeida/RBATV)





Comentários

Destaques no DOL