Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis


24°
R$

Notícias / Polícia

Polícia

Agência bancária é roubada no interior do Pará. Uma pessoa foi baleada

sábado, 08/09/2018, 14:17 - Atualizado em 08/09/2018, 18:16 - Autor:


Um Posto de Atendimento Bancário (PAB) do Bradesco, no município de Água Azul do Norte, sudeste do Pará, foi roubado na madrugada deste sábado (08). 


De acordo com informações da Polícia Civil, cerca de 12 homens com armas longas semelhantes a fuzis ou escopetas chegaram, por volta de 0h30 deste sábado (08), à sede do município, em uma caminhonete modelo Hilux e possivelmente com apoio de um carro preto. Os criminosos efetuaram disparos em via pública. 



Um dos tiros atingiu de raspão a perna de um ciclista que passava no momento da chegada do bando. Em seguida, os assaltantes seguiram em direção ao Posto de Atendimento Bancário (PAB) do Bradesco, na área central da cidade. Na passagem em direção ao local, cerca de dez pessoas que estavam em duas lanchonetes perto do PAB foram pegas como reféns e colocadas na caminhonete. 


A Polícia Civil informou ainda que os bandidos invadiram o posto bancário a tiros. Em seguida, instalaram explosivos em apenas um dos dois caixas eletrônicos de autoatendimento existentes no local. Após a explosão, que destruiu toda a área interna do posto, os criminosos teriam recolhidos valores em dinheiro e saíram em fuga no sentido de saída da cidade, onde os reféns foram liberados. No total, a ação criminosa demorou pouco mais de meia-hora. 


Segundo testemunhas, a caminhonete tomou rumo pela rodovia principal da região no sentido do município de Ourilândia do Norte, enquanto o carro que possivelmente deu apoio ao assalto seguiu no sentido oposto em direção à Xinguara. 


O ciclista baleado foi socorrido no hospital municipal, onde recebeu atendimento e está em estado de observação médica. Nenhum dos reféns ficou ferido. Todos já foram ouvidos em depoimento pelo delegado Marcondes Mendes, titular da Delegacia de Água Azul do Norte.


As Polícias Civil e Militar já estão em atuação para investigar e tentar prender os autores do assalto. Policiais de cidades próximas, como Xinguara e São Félix do Xingu, foram deslocados ao município. Uma equipe da Delegacia de Repressão a Roubos a Bancos (DRRB), vinculada à DRCO (Divisão de Repressão ao Crime Organizado) também foi deslocada para o município para investigar o crime. Policiais militares do GTO (Grupamento Tático Operacional) estão no apoio às buscas. 


O DOL entrou em contato com o banco e aguarda posicionamento.  


(Com informações da Polícia Civil)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS