Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis


29°
R$

Notícias / Polícia

Polícia

Alunos e servidores são investigados por racismo na UFPA

domingo, 01/07/2018, 10:20 - Atualizado em 01/07/2018, 10:20 - Autor:


Um estudante do curso de Economia da Universidade Federal do Pará (UFPA) foi vítima de racismo dentro da instituição. A denúncia foi registrada na Polícia Civil, no último dia 14 de junho, e envolve alunos que participam de projetos de extensão e também servidores da UFPA. Segundo o Boletim de Ocorrência, os acusados de cometer a injúria mantém um grupo de WhatsApp no qual os membros falam sobre vários estudantes da instituição.


As mensagens são de cunho discriminatório e preconceituoso. Algumas delas também expressam um discurso de ódio. O aluno, que teve o nome preservado, já teria repassado o caso à reitoria da universidade, mas até agora não há respostas sobre o caso.


A descoberta do grupo só foi possível porque um dos participantes do grupo deixou a tela do computador aberta e a janela principal era do WhatsApp Web. Na conversa a mostra, um dos membros do grupo cita a vítima e diz que ele “pinta uma de branco e pede paz”, em respostas a uma postagem feita pela vítima nas redes sociais. As mensagens continuam. “Às vezes me sinto mal de olhar para um negro”, escreve outro participante do grupo.


Pelo menos seis pessoas que participam do grupo foram reconhecidas pela vítima, que identificou até uma servidora da UFPA.


Outros estudantes da instituição também são citados nas mensagens de ódio do grupo. O caso é investigado pela Seccional do bairro do Guamá, em Belém.


A reportagem entrou em contato com a assessoria de imprensa da UFPA, na manhã de ontem, e solicitou um posicionamento da instituição, mas até o fechamento desta edição não houve resposta.


(Diário do Pará)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS