Notícias / Polícia

DECISÃO

Justiça condena comerciário que matou manicure a 14 anos de prisão

Quinta-Feira, 28/06/2018, 10:17:35 - Atualizado em 28/06/2018, 10:25:40 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Justiça condena comerciário que matou manicure a 14 anos de prisão (Foto: )

Foi condenado nesta terça-feira (26), Alex Moraes Melo, 32 anos, o comerciário acusado de matar a manicure de 28 anos, Tatiane Solange Almeida Leal. O réu recebeu a pena base de 15 anos, mas foi reduzida em um ano após ter confessado o crime, e será ser cumprida em regime inicial fechado. 

Durante o interrogatório, o réu contou que Tatiane não gostou quando ele não quis manter relações com ela e a mesma começou a ameaçá-lo com uma faca. O comerciário também contou que a vítima começou a ficar enfurecida e acabou lesionando seu braço e por isso começou a apertar seu pescoço para que a moça soltasse a faca. Foi quando ela caiu no chão e ele saiu do local.

Alex e Tatiane se conheceram numa festa de aparelhagem, localizada na passagem Natal, no bairro da Sacramenta. A vítima estava curtindo com um casal de amigos e, no começo da magrugada do dia 11 de fevereiro, convidou os amigos e Alex para continuarem a festa em sua casa que ficava perto do local que estavam. No laudo da perícia técnica foi constatado que Tatiane foi encontrada em decúbito ventral, próximo da cama. 

O comerciário por não ter antecedentes criminais, irá responder o processo em liberdade e conseguiu o direito em apelar a condenção. 

(Com informações do TJ/PA)



Conteúdo Relacionado:





Comentários

Destaques no DOL