Notícias / Polícia

ASSASSINADO EM BAR

Acusada de participar de latrocínio de bacharel de Direito no Jurunas é presa

Quarta-Feira, 20/06/2018, 16:41:40 - Atualizado em 20/06/2018, 16:46:11 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Acusada de participar de latrocínio de bacharel de Direito no Jurunas é presa (Foto: Divulgação Polícia Civil)
(Foto: Divulgação Polícia Civil)

Foi detida, na tarde desta quarta-feira (20), a acusada de pilotar a motocicleta usada na ação criminosa que resultou na morte do empresário e bacharel de Direito, Ruberval Tadeu Diniz da Conceição, de 56 anos, no último sábado (16).

De acordo com informações da Polícia Civil do Pará, a mulher - identificada como Glauce Pantoja - foi apresentada na Seccional do Paar e deve ser transferida para o sistema penitenciário.

Ruberval Tadeu Diniz morreu após ser baleado em um suposto caso de latrocínio em um bar, na avenida Roberto Camelier com a rua dos Timbiras, bairro da Jurunas, em Belém.

Segundo testemunhas, a vítima estava no estabelecimento comercial quando um casal anunciou o assalto. Ruberval tentou pegar a arma de um dos criminosos, mas foi baleado. Ele chegou a ser resgatado, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Nas redes sociais, parentes e amigos de Ruberval postaram mensagens de revolta e tristeza pela perda.

(DOL)





Comentários

Destaques no DOL