Notícias / Polícia

SANTA IZABEL

Assassinado com vários tiros na cabeça

Terça-Feira, 19/06/2018, 09:53:55 - Atualizado em 19/06/2018, 09:53:55 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Assassinado com vários tiros na cabeça (Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

A tarde quente de ontem não tirou o desejo de matar de dois homens, no município de Santa Izabel do Pará, cidade que integra a Região Metropolitana de Belém. Segundo os primeiros levantamentos de policiais militares do 12º Batalhão do Comando de Policiamento Regional III, a execução aconteceu por volta das 15h e a vítima foi Jones Duarte Gomes de, 29 anos. O local: rua 7 de Janeiro, no bairro do Juazeiro.

Testemunhas que presenciaram o crime informaram aos policiais militares que a vítima estava conduzindo uma motocicleta Suzuki 125 azul pelas ruas do bairro do Juazeiro quando teve o veículo interceptado por dois homens em uma motocicleta Twister amarela.

O criminoso que estava na garupa da moto já vinha com a arma de fogo em punho e, ao perceber que o alvo estava na mira, acionou o gatilho várias vezes. Acertou Jones na cabeça e em seguida, fugiram para rumo ignorado.

Pessoas que estavam próximas do crime foram até o local e ainda perceberam a vítima respirando, com dificuldade. Um evangélico se aproximou a fez uma oração. Ele conhecia Jones. 

Testemunhas comentaram que ouviram de seis a oito disparos. No final ficou constatado pelo menos cinco entradas de bala disparados por uma arma de fogo cujo calibre será definido durante a necropsia.

Minutos após ser baleado, o rapaz morreu. O corpo foi removido para o Instituto de Criminalística de Castanhal. Foi possível identificar pela identidade do rapaz assassinado que ele estava de alvará desde o dia 24 de novembro do ano passado. Havia sido preso por roubo qualificado, em Belém.

A motivação do crime está sendo investigado por policiais civis da Seccional Urbana de Santa Izabel do Pará, que deverão ouvir testemunhas e familiares de Jones Duarte Gomes para saber se ele estava sendo ameaçado de morte ou tinha algum envolvimento com atividades ilicitas, no município.

(J.R Avelar/Diário do Pará)





Comentários

Destaques no DOL