Diário Online

Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$
Polícia

Internautas lamentam morte de universitária

segunda-feira, 20/04/2015, 20:58 - Atualizado em 21/04/2015, 14:43 - Autor:


Logo após a divulgação da morte da universitária Ingred Israel, de 28 anos, na noite desta segunda-feira (20), internautas utilizaram a rede social para lamentar o fato ocorrido e comentar sobre o alto índice de violência na Região Metropolitana de Belém.


"Que a justiça seja feita. A Ingred apesar de todas suas dificuldades nunca reclamava, sempre estava sorrindo. N merecia isso. Q esses monstros paguem pelo q fizeram", comentou uma internauta, lembrando do estilo de vida da vítima. Ingred foi encontrada morta no início desta noite. Ela estaria sozinha dentro da residência que dividia com o irmão, cunhada e um sobrinho. 



Ingred era estudante do curso de Nutrição da Universidade Federal do Pará (UFPA). (Foto: reprodução/Facebook)


"Arrasada, em choque, sem palavras, uma menina esforçada, sorridente, que batalhava sempre e enfrentava as  dificuldades que lhe era imposta pela vida. Vai deixar saudades. Até quando tanta violência? Basta!", escreveu outra internauta. 


De acordo com informações preliminares do 6º Batalhão da Polícia Militar, Ingred já estaria sendo observada pelo suspeito que identificou o momento que ela estaria sozinha em casa. Ela teria sido violentada sexualmente e em seguida morta. A polícia informou, ainda, que a jovem foi encontrada nua no chão do quarto e que a porta dos fundos da casa estaria aberta.


Ainda não há informações de quantas pessoas teriam entrado na residência e praticado o crime. O caso foi levado para a Seccional da Cidade Nova.


(DOL)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS