Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
30°
cotação atual R$

Notícias / Polícia

Polícia

Idoso apaixonado sequestra amada e acaba na prisão

quarta-feira, 18/03/2015, 04:12 - Atualizado em 18/03/2015, 04:12 - Autor:


Alcino Andrade, de 61 anos, tentou bancar uma de herói e acabou sendo preso. O idoso, segundo a polícia, foi o responsável em planejar o sequestro da ex-namorada (39 anos mais jovem que ele). A intenção do acusado era pagar o valor do resgate e reconquistar o amor de sua vida.


A moça, de 22 anos, por um bom tempo manteve um relacionamento amoroso com Alcino Andrade. Apesar da tamanha diferença de idade, o casal parecia ser muito feliz. Os dois passeavam juntos, conheciam novos lugares e até tiravam fotos para postá-las nas redes sociais. Mas, por algum motivo, a jovem decidiu romper o namoro. Tal decisão deixou Alcino desesperado.


O idoso apaixonado tentou de todas as maneiras possíveis reatar os laços com sua amada. Ele não obteve sucesso. Para o aposentado só restou uma única e arriscada opção: bancar uma de herói.


Então, Alcino Andrade contratou três homens para que os mesmos sequestrassem a moça. O serviço foi executado no sábado (14). A vítima permaneceu três dias em um cativeiro situado na Vila do Badajós, na beira do rio Capim, zona rural de Ipixuna do Pará.


A “casa caiu” quando, na tarde de ontem, as Polícias Civil e Militar apreenderam um adolescente de 17 anos, envolvido no crime. O menor infrator confessou que agiu a mando de Alcino Andrade e ainda delatou mais dois envolvidos. Todos foram localizados e presos no município de Mãe do Rio, no nordeste paraense.


Mário de Moraes, 41, Marcos de Carvalho, 27, e o mandante Alcino Andrade, de 61 anos, foram autuados por crimes de sequestro e cárcere privado. O adolescente também responderá pelos atos infracionais. As prisões foram efetuadas por policiais civis e militares das cidades de Castanhal, Tomé-Açu e Mãe do Rio.


Segundo a polícia, a vítima não sofreu nenhum tipo de violência e passa bem com a família.


(Diário do Pará)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS