Diário Online

Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$
DENTRO DE IGREJA

Homem é assassinado na hora de culto no Pará

O homem já havia tido o braço arrancado por integrantes de uma facção criminosa, em 2019

quarta-feira, 31/03/2021, 23:25 - Atualizado em 31/03/2021, 23:24 - Autor: Tiago Silva/Diário do Pará em Castanhal


Gerlan Silva de Sousa ainda tentou correr, mas não conseguiu escapar dos criminosos que invadiram o templo religioso
Gerlan Silva de Sousa ainda tentou correr, mas não conseguiu escapar dos criminosos que invadiram o templo religioso | Reprodução

Mais um homicídio foi registrado no município de Castanhal, região nordeste do Estado. A vítima foi identificada como Gerlan Silva de Sousa, 23. O crime aconteceu na noite do último domingo (28), por volta das 20h30, no bairro Santa Lídia, também bastante conhecido como bairro do Milagre.

Moradores da área disseram que Gerlan caminhava pelo bairro quando, na rua Maria Maia, foi abordado por três homens em um carro branco. Ainda de acordo com as informações repassadas pelas testemunhas, o trio estava de máscara e com armas de fogo.

Na tentativa de escapar da morte, Gerlan correu e entrou em uma Igreja, bem na hora em que era realizado um culto. A vítima foi perseguida, alcançada e executada a tiros dentro da Igreja e na frente de várias pessoas. Em seguida, os assassinos fugiram do local e não foram identificados. As Polícias Civil e Militar realizaram buscas, mas nenhum suspeito foi encontrado.

Gerlan Silva de Sousa possuía duas passagens pelo sistema penitenciário, uma por roubo e outra por tráfico de drogas. No local, familiares disseram que ele possuía envolvimento com uma facção criminosa.

Em 2019, Gerlan teve seu braço esquerdo arrancado ao levar uma terçadada desferida por um de seus rivais. A Polícia Civil não descarta a possibilidade de que o homicídio de Gerlan tenha sido motivado por um suposto acerto de contas entre criminosos, mas vai investigar o caso.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS