Diário Online

Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
27°
cotação atual R$
DENÚNCIA

Quadrilha que tentou matar policial é presa na BR-316

Criminosos cometeriam roubo a empresário de Benevides; quatro foram detidos e três mortos durante troca de tiros

terça-feira, 30/03/2021, 17:42 - Atualizado em 30/03/2021, 17:41 - Autor: Agência Pará


Criminosos são acusados de roubos e tentativa de homicídio contra agente de segurança pública em Marituba
Criminosos são acusados de roubos e tentativa de homicídio contra agente de segurança pública em Marituba | Via WhatsApp

Quatro homens foram presos, nesta terça-feira (30), pelos crimes de associação criminosa e tentativa de homicídio contra agente de segurança. A prisão foi realizada pela Polícia Civil, por meio da Divisão de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR), no km 18 da BR-316, em frente a um condomínio em Marituba.

“Recebemos denúncia de que um grupo de criminosos, que já vinha sendo investigado pela prática de crimes de roubo à residência, iria roubar um empresário na cidade de Benevides, na madrugada desta terça-feira, e que estariam em carros do modelo Siena a caminho da casa da vítima”, contou o delegado Augusto Potiguar, titular da DRFR.

Durante a realização da barreira policial, os veículos suspeitos foram avistados, sendo ordenado que parassem e seus ocupantes descessem. Em ato contínuo, os ocupantes dos veículos desceram dos carros com armas de fogo e efetuaram disparos contra os agentes policiais, enquanto corriam em direção a uma área de mata que margeia a via pública.

Os Policiais Civis foram obrigados a repelir a injusta agressão com disparos de arma de fogo. Três suspeitos foram baleados e encaminhados ao Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência, para atendimento médico, mas evoluíram a óbito.

Outros quatros suspeitos foram presos em flagrante e encaminhados para Unidade Policial para procedimentos penais.

Durante o interrogatório, os presos confessaram que iriam praticar roubo a residência em Benevides, onde iriam subtrair cerca de R$ 200.000,00 (duzentos mil reais). Crimes praticados em momentos anteriores também foram confessados.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS