Diário Online

Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$
CASO REPERCUTIU

Suspeito de matar afro-religiosa durante roubo em Mosqueiro é preso no Maranhão

Idoso trabalhava como caseiro e foi morto com golpes de arma branca no mês de fevereiro

quinta-feira, 04/03/2021, 18:43 - Atualizado em 04/03/2021, 18:43 - Autor: DOL


Imagem ilustrativa da notícia Suspeito de matar afro-religiosa durante roubo em Mosqueiro é preso no Maranhão
|

A Polícia Civil do Pará deu cumprimento a um mandado de prisão preventiva em desfavor do suspeito de matar José Ribamar, afro-religioso de 62 anos, no mês de fevereiro, na Ilha de Mosqueiro, em Belém. A vítima foi encontrada morta após receber golpes de arma branca no imóvel onde morava como caseiro.

 Ainda na semana do crime, a Polícia Civil conseguiu prender o receptador do aparelho celular da vítima, que foi vendido para uma terceira pessoa.  A roupa utilizada pelo criminoso também foi encontrada na região onde a morte aconteceu.

 Diante do inquérito instaurado, a equipe Policial ouviu testemunhas e montou o retrato falado. As investigações apontaram que o mesmo estava escondido na casa de conhecidos na cidade de Porto Franco, no Estado do Maranhão. Com a prisão preventiva expedida pela justiça, uma equipe da Seccional de Mosqueiro percorreu cerca de 700 KM até o município maranhense.

 Após a captura, o homem confessou o crime motivado a subtrair bens e dinheiro da vítima. A operação durou cerca de 10 dias. O suspeito foi trazido para o Pará, onde, após os procedimentos cabíveis, foi encaminhado ao Sistema penitenciário Paraense. O suspeito responderá pelo crime de latrocínio e ficará à disposição da Justiça. Ele já tem passagem pela polícia por crimes de roubo.

As informações são da Polícia Civil do Pará. 

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS