Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
29°
cotação atual R$

Notícias / Polícia

INVESTIGAÇÃO

Preso no Pará acusado de dar golpe em igreja para desviar R$ 50 milhões

A prisão foi efetuada por agentes da Divisão de Combate a Crimes Econômicos e Patrimoniais Praticados por Meios Cibernéticos

sábado, 02/01/2021, 17:18 - Atualizado em 02/01/2021, 17:24 - Autor: Agência Pará


A prisão foi efetuada por agentes da Divisão de Combate a Crimes Econômicos e Patrimoniais Praticados por Meios Cibernéticos.
A prisão foi efetuada por agentes da Divisão de Combate a Crimes Econômicos e Patrimoniais Praticados por Meios Cibernéticos. | Bruno Cecim/Arquivo Ag. Pará

Um homem foi preso em flagrante pela Polícia Civil, por meio da Divisão de Combate a Crimes Econômicos e Patrimoniais Praticados por Meios Cibernéticos, acusado de falsificar uma procuração para movimentar conta bancária da Igreja Pentecostal Deus é Amor, de acordo com Boletim de Ocorrência e inquérito instaurado no Estado de São Paulo.

"Conforme informado na ocorrência, os representantes há dias receberam notícias da instituição bancária dando conta de que havia sido feita uma procuração falsa, no 21° Tabelião de Notas da Capital, que dava ilegalmente plenos poderes para a pessoa movimentar uma das contas correntes da Igreja, justamente aquela que é alvo do inquérito policial. Quanto aos fatos que culminaram na apresentação do suspeito, fomos acionados pelo Serviço de Inteligência e pela Polícia Civil do Estado de São Paulo", informou o delegado Guilherme Gonçalves.

De imediato, foi montada uma equipe de policiais civis do Pará, que se deslocou até uma agência bancaria situada na Avenida Senador Lemos, em Belém, para prender o homem que estava pronto para efetuar a transferência de R$ 50 milhões, para aquisição de um terreno entre os municípios de Chaves e Anajás, no Arquipélago do Marajó. O acusado já se encontra à disposição da Justiça.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS