Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$

Notícias / Polícia

FEMINICÍDIO

Suspeito de matar candidata à prefeita em Belém é preso

Leila Maria foi morta a facadas dentro da residência dela no bairro do Tenoné

quinta-feira, 19/11/2020, 22:42 - Atualizado em 20/11/2020, 00:16 - Autor: DOL


| Reprodução Facebook

Foi detido, no início da noite desta quinta-feira (19), o ex-marido da pedagoga e candidata à prefeita de Curralinho, Leila Maria Santos de Arruda, de 49 anos, que foi morta a facadas dentro de um conjunto residencial no bairro do Tenoné, em Belém, na tarde desta quinta-feira (19). 

Candidata à prefeita é morta a facadas dentro de casa em Belém; ex-marido é suspeito 

Leila Maria era filiada ao Partido dos Trabalhadores e foi fundadora e militante do movimento de mulheres empreendedoras da Amazônia (Moema). Ela foi encontrada  morta na casa dela em Belém, localizada no conjunto Bela Manoela, rua 1.

De acordo com informações da Polícia Civil do Pará, o homem, que não teve o nome revelado, “presta depoimento e em seguida será encaminhado ao sistema penal”. 

Alexandre Nascimento/RBA TV
 


NOTA DE PESAR

O Partido dos Trabalhadores emitiu nota sobre o crime. Veja o texto na íntegra. 

“O Partido dos Trabalhadores do Pará lamenta profundamente a morte da companheira Leila Maria Santos de Arruda, militante e, recentemente, candidata a prefeita no município de Curralinho, na Ilha do Marajó. Leila foi vítima de feminicídio na tarde desta quinta-feira (19), em Belém, pelo ex-marido.

Leila Arruda tinha 49 anos e foi fundadora e militante do movimento de mulheres empreendedoras da Amazônia (MOEMA), filiou-se ao partido dos trabalhadores em Curralinho aos 20 anos e era formada em pedagogia.

O PT Pará ressalta sua indignação por este crime brutal que tirou a vida de mais uma mulher no estado e reitera que é inadmissível que as mulheres sejam reféns da violência provocada pelo machismo enraizado na sociedade.

O Partido dos Trabalhadores está prestando ajuda aos familiares e amigos de Leila Arruda, neste momento tão triste e cruel”.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS