Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
29°
cotação atual R$

Notícias / Polícia

OPERAÇÃO PRESENTE

Foragidos são recapturados em operação na Grande Belém

Os mandados de prisão são contra evadidos do sistema, que receberam o benefício da saída temporária.

terça-feira, 10/11/2020, 13:00 - Atualizado em 10/11/2020, 13:00 - Autor: Com informações da Agência Pará


Nesta etapa as buscas se concentraram nos municípios de Marituba e Ananindeua, na Região Metropolitana de Belém.
Nesta etapa as buscas se concentraram nos municípios de Marituba e Ananindeua, na Região Metropolitana de Belém. | Reprodução

Três mandados de prisão foram cumpridos na última segunda-feira (9), pelo Grupo de Recaptura da Central de Integrada de Monitoramento Eletrônico (Cime), da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), com apoio da Polícia Civil e Assessoria de Segurança Institucional (ASI).

O objetivo da segunda etapa da Operação Presente foi cumprir mandados de prisão expedidos contra evadidos do sistema, que receberam o benefício da saída temporária. Nesta etapa as buscas se concentraram nos municípios de Marituba e Ananindeua, na Região Metropolitana de Belém.

Obra atrasada da Prefeitura só tem um operário trabalhando

O diretor da Cime, André Margalho, destacou que a Operação Presente foi divida em quatro etapas. 

"A Operação Presente tem caráter ostensivo, e precisamos também concentrar esforços para os reflexos no comportamento dos custodiados. Por isso, o caráter educativo continua sendo também uns dos pilares da Operação. Com isso, temos uma diminuição e melhoria na estatística de violação das tornozeleiras eletrônicas em apenas uma semana", afirmou.

Mulher pula de carro em movimento para escapar de assédio

O delegado Roberto Gomes Neto, superintendente da Polícia Civil da Região Metropolitana de Belém, ressaltou a importância da parceria das equipes que cumpriram os mandados de prisão. "As equipes somaram esforços e conseguiram o máximo de mandatos de prisão. Então, a Polícia Civil agradece a parceria", disse.

A primeira etapa da Operação Presente foi realizada na semana passada, destinada a implantar uma nova rotina de monitoramento no sistema, a fim de ampliar o controle e a segurança por meio de mandados de prisão de custodiados evadidos ou que cometeram alguma violação no uso da tornozeleira eletrônica.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS