Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
28°
cotação atual R$

Notícias / Polícia

SETOR JK

Troca de tiros com acusado de assassinar PM termina em morte

quarta-feira, 24/06/2020, 09:49 - Atualizado em 24/06/2020, 10:32 - Autor: J.R Avelar


Jurandir Ferreira Lima Neto foi morto na Vila da Pedra, periferia de Redenção. Um homem denunciou o local em que ele estava e foi encontrado pelos policiais
Jurandir Ferreira Lima Neto foi morto na Vila da Pedra, periferia de Redenção. Um homem denunciou o local em que ele estava e foi encontrado pelos policiais | Divulgação

Jurandir Ferreira Lima Neto, acusado de matar o policial militar Josiel Rodrigues Pires, na quarta-feira (17), no Setor JK no município de Redenção, morreu em confronto com a polícia nesta terça-feira (23), na rua Vinte e Nove da vila da Pedra, periferia da cidade.

As informações constam no boletim de apresentação, registrado como intervenção policial. Segundo o que já foi apurado, os policiais militares encontraram as duas armas dos militares, que foram levadas pelos criminosos logo após matarem o soldado Josiel Rodrigues Pires e balear outro militar, identificado como Olânio Lopes Franco.

A descoberta do esconderijo do suspeito se deu após um homem informar aos policiais que sabia onde ele estava escondido. Os policiais cercaram a casa por volta das 5h. Ao perceber que a polícia estava no local, Jurandir Ferreira Lima Neto tentou fuga pelos fundos do imóvel mas “deu de cara” com outros policiais, que foram surpreendidos com disparos de arma fogo, havendo um intenso tiroteio.

O suspeito, mesmo portando duas armas de fogo, acabou baleado. Quando os médicos lá chegaram, já encontraram Jurandir sem vida.

A Polícia Militar tomou todas as providências isolando a área e acionou a Polícia Civil e o Instituto Médico Legal para a perícia e remoção do corpo. No local, foi encontrado um revólver calibre 357 e uma pistola de calibre .40, que foram apreendidas pelos policiais civis.

De acordo com os policiais militares, pelos registros o revólver pertencia ao soldado Josiel Pires, enquanto a pistola Ponto 40 estava cautelada pela Polícia Militar ao soldado Olânio Lopes Franco, que ficou ferido no atentado.

Jurandir Ferreira Lima Neto é o segundo envolvido no ataque aos policiais no último dia 18, em Redenção, a morrer em confronto armado com policiais militares. Durante o ataque aos policiais, um homem identificado como Erandyr José Gomes Lima foi morto na troca de tiros que matou o policial.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS