Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
25°
cotação atual R$

Notícias / Polícia

EM BELÉM

Assaltantes fortemente armados roubam lancha e divulgam vídeo. Veja! 

domingo, 15/09/2019, 16:38 - Atualizado em 15/09/2019, 17:29 - Autor: Redação


|

Circula nas redes sociais um vídeo de uma quadrilha dentro de uma lancha, após ela ter sido roubada de uma marina, no bairro do Tenoné, em Belém. Pelo menos sete integrantes aparecem armados com armas de fogo e facas dentro do veículo. A Polícia Civil confirmou, na tarde deste domingo (15), a ocorrência. 

De acordo com informações da Polícia Civil, a lancha foi roubada no dia 10 de agosto, data em que a quadrilha gravou o vídeo, que vazou nas redes sociais. No dia 12 de agosto, por volta das 16 horas, policiais do Núcleo de Inteligência Policial (NIP) localizaram em Ananindeua, Marcelo Ramon das Neves, conhecido como Marcelinho, líder da quadrilha, para cumprir ao mandado de prisão, em aberto, em desfavor do mesmo. 

Após a abordagem policial, o acusado tentou fugir e efetuou vários disparos de arma de fogo contra a equipe policial. Os policiais revidaram e ele foi atingido. Marcelinho foi socorrido pela equipe policial e levado para o Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE), onde foi constatado o óbito. 

No vídeo, Marcelo Neves aparece de óculos escuro, blusa azul marinho e luva branca. Ele era o líder da quadrilha.

Neste domingo (15), a Polícia Civil informou ainda que os outros integrantes já foram identificados e estão sendo procurados.

Outros crimes

A Polícia Civil também informou que Marcelo Neves tinha uma ficha extensa de crimes, sendo responsável por pelo menos, cinco homicídios em Belém e Região Metropolitana, tráfico de drogas, roubo de cargas e posse ilegal de arma de fogo, além de outros assaltos. Entre os outros casos de assalto estão o roubo em um sítio de uma advogada, ocorrido no Furo do Maguari e, em seguida, o assalto a um restaurante flutuante no mesmo local, além de roubos a vítimas que trafegavam de Jet ski pelos rios de Belém.

As vítimas relataram que a quadrilha agia com extrema violência, portando cerca de seis armas de fogo.

Crimes contra agentes de segurança pública 

A Polícia Civil também informou que Marcelo Ramon das Neves cometeu três homicídios contra agentes de segurança pública. As vítimas são o policial militar Isaias Fernandes da Silva Filho, fato ocorrido em 17 de novembro de 2017; o ex-PM identificado apenas como Ocimar, que atuava como segurança da empresa, fato ocorrido em 04 de janeiro de 2019, e o guarda municipal Marcley Rosário de Souza, fato ocorrido no dia 05 de março de 2019.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS