Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
31°
cotação atual R$

Notícias / Polícia

ROTINA DE MEDO

Universitários de Barcarena relatam assaltos em portos do Ver-o-Peso

quinta-feira, 29/08/2019, 15:52 - Atualizado em 29/08/2019, 15:52 - Autor: DOL


| Jornal Barcarena

Diversos estudantes universitários de Barcarena que utilizam o transporte fluvial para chegar a Belém têm relatado medo e apreensão com o número de assaltos ao redor dos portos de desembarque no Ver-o-Peso, no bairro da Campina, na capital paraense. Algumas das vítimas relataram, ao Jornal Barcarena, as experiências traumáticas. 

Segundo o portal de notícias, geralmente os assaltantes se escondem atrás dos carros, em uma área de estacionamento em frente aos portos, ou mesmo se passam por flanelinhas. Alguns criminosos usam facas para cometer os roubos. 

Uma estudante de medicina veterinária, Elizangela Solano, de 27 anos, entrevistada pelo portal Jornal Barcarena, afirmou que teve o cordão roubado e foi agredida por uma dupla, quando ela chegou a Belém para ir à faculdade. 

“Eu estava a caminho da faculdade quando dois caras vieram na minha direção. Um puxou meu cordão e o outro, em seguida, me bateu. Fiquei com muito medo, assustada e sem reação”, relatou a vítima. 

De acordo com o Ministério Público, diariamente, cerca de 5 mil pessoas saem de Barcarena e chegam aos portos Amazonat (Foca) e Machado, em Belém. A recomendação é que as pessoas andem em grupos, evitem cordões, pulseiras, anéis, celulares. relógios, bolsas e carteiras à mostra.

O DOL entrou em contato com Polícia Militar, para apurar as denúncias de assaltos nas áreas de portos no Ver-o-Peso, e aguarda retorno. 

(DOL com informações do portal Jornal de Barcarena)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS