Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
28°
cotação atual R$

Notícias / Polícia

AÇÃO E REAÇÃO

Operação policial termina com um suspeito morto e outros dois presos no Marajó

domingo, 28/07/2019, 08:22 - Atualizado em 28/07/2019, 08:55 - Autor: JR Avelar


| Divulgação

Criminosos que atuam na área da Pratinha e Icoaraci, na Grande Belém, começaram a migrar para o interior do Pará, tendo como alvo municípios da Ilha do Marajó separados da capital do Estado apenas pela baía do Marajó. Aproveitando a maré calma, eles conseguem atravessar em pequenas embarcações para praticar crimes de roubo e, em seguida, voltam para seus redutos de origens, às vezes se fingindo de pescadores. Na sexta-feira (26), a denúncia anônima resultou em intervenção policial com a morte de um homem e prisão de outros dois, em Ponta de Pedras.

Policiais militares que atuam na região do arquipélago marajoara, com a ajuda de ribeirinhos, têm conseguido êxito nas prisões desses criminosos. Na sexta-feira (26) policiais do 76° Pelotão de Ponta de Pedras, no Marajó, sob comando do tenente Muniz, foram informados que havia pessoas armadas na localidade da Praia Grande.

Segundo a denúncia, foram vistos cinco homens, que passaram correndo com duas armas longas em direção da praia. Os PMs fora atrás dos suspeitos. Segundo os militares, três deles fugiram e dois ficaram, onde um deles efetuou um disparo com uma espingarda calibre 20 em direção aos militares, tentando ganhar tempo, intimidá-los e continuar a fuga.

Houve revide e um dos homens que foi baleado estava sem documentos e não foi identificado.Foi socorrido mas morreu no hospital do município.O segundo homem se rendeu e foi identificado como Roni de Oliveira Feio. As buscas não se encerraram e, logo em seguida, os PMs prenderam também Joel Damasceno Ferreira.

Joel seria o piloto da embarcação e estava esperando a volta dos membros da quadrilha para dar-lhes fuga. Com ele foi apreendida a “rabeta” com o motor que era utilizada na travessia da baía do Marajó.O caso foi registrado como intervenção policial e que acabou em morte de um homem e prisão de outros dois mais a apreensão de uma arma de fogo calibre 20. Tudo foi apresentado na delegacia de Polícia Civil de Ponta de Pedras para as providências cabíveis.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS