Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
25°
cotação atual R$

Notícias / Polícia

PLANTÃO DE POLÍCIA

Motorista de aplicativo monitorado pela polícia é morto no Jurunas

sexta-feira, 26/07/2019, 20:08 - Atualizado em 26/07/2019, 22:33 - Autor: Redação


| Celso Rodrigues/Diário do Pará

Um motorista de aplicativo, identificado como Anderson Marllos da Cruz Ferreira, de 27 anos, foi morto a tiros por integrantes de um veículo na noite desta sexta-feira (26) na avenida Bernardo Sayão, próximo do complexo do Jurunas, no bairro de mesmo nome, em Belém.

Testemunhas afirmam que ele saía do próprio carro que usava como trabalho quando foi surpreendido por disparos efetuados por integrantes de um carro preto, que acelerou próximo da vítima. Após acertar os disparos em Anderson, os ocupantes do veículo - três pessoas encapuzadas - seguiram em um destino desconhecido.

De acordo com policiais militares no local, atualmente Anderson trabalhava como motorista "de fachada", mas já foi mototaxista. Ele tinha diversas passagens pela polícia, era monitorado, mas não possuía a tornozeleira eletrônica (por falta de equipamento) e não carregava consigo o documento que a substituía.

"Ele trabalhava como motorista de aplicativo apenas 'como capa', a verdade é que ele trabalhava para o crime", garantiu um dos policiais ao DOL.

(Com informações de Celso Rodrigues/Diário do Pará)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS