Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$

Notícias / Polícia

VIOLÊNCIA

Segurança é morto por invasores de terreno em Cametá

sexta-feira, 26/07/2019, 19:03 - Atualizado em 26/07/2019, 21:10 - Autor: Redação


Curiosos aglomeraram-se para ver o corpo de Edivan
Curiosos aglomeraram-se para ver o corpo de Edivan | Reprodução

Um homem foi assassinado com um tiro no pescoço na tarde desta sexta-feira (26), em Cametá, nordeste paraense. O segurança Edivan Lopes Garcia, de 28 anos, foi morto após discutir com um grupo de pessoas que havia invadido o terreno de propriedade dele, na invasão Portelinha.

De acordo com os primeiros levantamentos, Edivan e um irmão teriam ido ao local no dia anterior, para tentar dialogar com os invasores, que aceitaram limpar o terreno e entregá-lo ao proprietário.

No entanto, ao retornar ao terreno hoje, Edivan, acompanhado da esposa dele, que estava grávida, percebeu que os invasores estavam com uma atitude diferente, inclusive armando tendas no lugar. Após uma breve discussão, a vítima virou as costas e foi embora, sendo atingido por um tiro no pescoço. Edivan morreu ainda no local.

Segundo relato da esposa da vítima, diversos invasores estavam armados e ela só não foi morta porque estava grávida.

A Polícia Civil esteve no local,  junto com os peritos do Centro de Perícias Renato Chaves, mas os invasores já tinham fugido. As investigações já estão sendo realizadas, e a polícia informou que já tem conhecimento da identidade dos suspeitos. 

(Com informações de Márcio Mendes/Correspondente)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS