Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$

Notícias / Polícia

"CAÍRAM NA ARAPUCA"

Polícia monta armadilha e consegue prender assaltantes de Uber em Ananindeua

terça-feira, 23/07/2019, 19:53 - Atualizado em 24/07/2019, 10:55 - Autor: Diário Online


| Via Whatsapp

Dois homens foram presos no início da noite desta terça-feira (23) acusados de integrarem uma quadrilha especializada em assaltar motoristas de aplicativos em Ananindeua, Região Metropolitana de Belém. A dupla foi presa momentos antes de fazer uma nova vítima.

A polícia chegou até os criminosos após uma série de denúncias de vários motoristas particulares, que perceberam a ação contínua da quadrilha. Agindo em conjunto com os denunciantes, os agentes montaram uma armadilha e conseguiram interceptar os criminosos. 

De acordo com o grupo de trabalhadores, os bandidos agiam sempre da mesma maneira: solicitavam o serviço pelo aplicativo, entravam como passageiros, e no meio do trajeto anunciavam o assalto.

A dupla foi presa hoje no momento em que estava à espera do veículo solicitado. De acordo com uma das vítimas, que preferiu não se identificar por motivos de segurança, eram três bandidos, mas um conseguiu fugir.

“Eles já vêm assaltando do mesmo jeito há meses. Uma tal de Amanda pede o carro pelo aplicativo. Quando o motorista vai ao local da corrida, quase sempre no shopping, é rendido e obrigado e circular com os meliantes”, informa o motorista, ressaltando que a prática é recorrente.

“Toda semana acontece mais de uma vez, além de hoje, na última sexta assaltaram um rapaz, do mesmo jeito”, diz.

A Polícia Civil está investigando a ação da quadrilha desde que recebeu as denúncias dos trabalhadores. Simultaneamente às duas prisões próximo ao shopping, outra dupla foi presa no bairro Distrito Industrial, acusada de cometer o mesmo tipo de crime.

Os quatro meliantes (os dois que foram presos no shopping e os que foram presos no Distrito Industrial) foram conduzidos à Seccional da Cidade Nova, onde estão prestando depoimento. 

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS