Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
26°
cotação atual R$

Notícias / Polícia

CAPTURADO

Segundo suspeito de morte de PM em Abaetetuba é preso

sábado, 25/05/2019, 17:29 - Atualizado em 25/05/2019, 18:56 - Autor: Redação


Andrei Cardoso Da Silva, de 22 anos, é suspeito de envolvimento na morte do policial militar Livaldo dos Santos Rego, em Abaetetuba
Andrei Cardoso Da Silva, de 22 anos, é suspeito de envolvimento na morte do policial militar Livaldo dos Santos Rego, em Abaetetuba |

Foi preso neste sábado (25) Andrei Cardoso da Silva, de 22 anos, suspeito de envolvimento na morte do policial militar Livaldo dos Santos Rego, assassinado no dia 21 de maio, em Abaetetuba, nordeste paraense.

Andrei foi indiciado em inquérito policial depois de ser identificado como piloto da moto usada para transportar o autor dos disparos contra o pm. Andrei se entregou na sede da Superintendência da Polícia Civil do município.

Esse é o segundo envolvido preso no caso. O primeiro foi identificado como Lourival dos Santos Soares. Ele foi localizado e preso no dia 22 de maio. Ele é acusado de dar apoio aos dois executores do cabo Livaldo.

Continua foragido Benedito Santos da Silva, conhecido também como "Bené". Ele é apontado como comparsa de Andrei no crime, além de ser o autor dos disparos. Bené está com prisão preventiva decretada em decorrência das investigações.

MORTE

O PM morreu após ser baleado na frente da casa em que morava, no bairro Angélica. O crime ocorreu na manhã da última terça-feira (21), por volta de 6h40.

De acordo com informações da Polícia Militar, a vítima estava de folga e iria acompanhar a esposa ao hospital, em Belém, para tratamento médico.

Relatos de testemunhas apontam que dois homens vestidos como operários se aproximaram do policial militar em uma motocicleta e realizaram disparos de arma de fogo, que o atingiram na região das costas e da cabeça. Os criminosos fugiram do local sem levar o armamento da vítima.

Livaldo chegou a ser socorrido, mas não resistiu.

(Com informações da Polícia Civil)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS