Notícias / Pará

ORIENTAÇÕES

Dia do Consumidor terá programação especial em Belém

Quinta-Feira, 14/03/2019, 08:48:24 - Atualizado em 14/03/2019, 09:09:56 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Dia do Consumidor terá programação especial em Belém (Foto: Celso Rodrigues)
O defensor público Cássio Bitar está à frente das ações do Nudecon (Foto: Celso Rodrigues)

Em alusão ao Dia do Consumidor, celebrado amanhã, 15 de março, o Núcleo de Defesa do Consumidor (Nudecon) da Defensoria Pública fará uma ação a partir das 8h, no salão do Núcleo Central de Atendimento Referencial, localizado na rua Senador Manoel Barata, nº 50, bairro da Campina, em Belém.

Além da população em geral, o evento contará com a presença de várias autoridades convidadas. No primeiro momento, será feita a divulgação da plataforma “consumidor.gov”, criada pelo Ministério da Justiça. Em seguida, será lançado oficialmente o assistente virtual do núcleo, o Davi (Defensoria Assistente Virtual), que vai auxiliar no acompanhamento de procedimentos dos assistidos pelo Nudecon. “O assistente não exclui o contato com o defensor, muito menos a possibilidade de se ter acesso pela central de atendimento 129. O assistente não faz consultorias jurídicas”, explicou o defensor público, Cássio Bitar.

Ainda durante a programação, ocorrerá a palestra do Programa de Atendimento ao Consumidor Superendividado (Pacs), que é uma parceria do Nudecon com o Grupo de Educação Financeira da Amazônia (Gefam) da Universidade Federal do Pará (UFPA), e tem como objetivo falar sobre a importância da educação financeira.

ACESSIBILIDADE

Na ocasião, será entregue exemplares do Código de Defesa do Consumidor, em braile, ao presidente da Associação das Pessoas com Deficiência. “Esse momento é de grande importância, já que vamos poder estar trabalhando a inclusão das pessoas com deficiência e ao mesmo tempo proporcionar educação e direitos”, comentou o defensor.

A ação fará cerca de 80 atendimentos de conciliações pré-agendados, além de verificação de pressão arterial, teste de glicose e distribuição de lâmpadas de LED (para consumidores que possuem conta em dia e o perfil econômico de atendimento da defensoria).

O dia do consumidor foi legitimado no ano de 1983, pela Assembleia Geral das Nações Unidas após o discurso do presidente dos Estados Unidos, John Kennedy, em 1962. Que defendia o direito de acesso à informação, escolha e segurança dos consumidores.

(Wesley Costa/Diário do Pará)



Conteúdo Relacionado:





Comentários

Destaques no DOL