Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
29°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Pará

Notícias Pará

Pacientes denunciam falta de médicos, remédios e caos em UPA de Ananindeua

terça-feira, 22/01/2019, 10:26 - Atualizado em 22/01/2019, 15:56 - Autor:


Apenas um médico para atender centenas de pacientes e filas enormes. Essa é a situação da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Cidade Nova, em Ananindeua, Região Metropolitana de Belém, segundo pacientes que foram em busca de atendimento na manhã desta terça-feira (22).



“Eu deu entrada às 9h31 e saí de lá às 11h40. Só tem uma médico para atender todo mundo, está um caos e eles alegam que estão no intervalo de almoço”, denuncia o paciente, que pediu para ter a identidade preservada.


Com fortes dores na coluna, o paciente afirma que teve que voltar para casa sem ser medicado. “A médica disse que não tinha remédio para coluna. Não tinha Tramal, não tinha Voltaren, não tinha Buscopan. Estão sem remédio dentro da UPA”, lamenta o paciente.



Em nota, a Prefeitura de Ananindeua informou que tais denúncias não procedem, pois a UPA da Cidade Nova está com sua equipe de médicos completa e com todos os tipos de medicamentos destinados para este tipo de unidade de saúde. Em relação às filas, a Prefeitura também ressalta que são referentes ao não obedecimento por parte dos próprios pacientes em relação ao protocolo de triagem que leva em consideração a classificação de riscos, que vai do mais leve ao mais grave dos casos. Inclusive, a UPA da Cidade Nova tem obtido melhor índice de qualidade no atendimento, justamente, por atender de forma superior os fatores relacionados a agiliidade e eficiência do atendimento médico e disponibilidade de medicamentos. 


(DOL)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS