Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis


27°
R$

Notícias / Notícias Pará

Notícias Pará

Após suspeito admitir crime do shopping em Belém, advogado diz que não vai defendê-lo

quinta-feira, 03/01/2019, 12:29 - Atualizado em 03/01/2019, 13:06 - Autor:


No primeiro dia do ano, Marcos Raimundo Matos dos Santos, 28 anos, foi detido em flagrante por roubo de um automóvel. Para quem não lembra, ele foi acusado por uma mulher em uma rede social de cometer furtos próximo ao shopping Grão Pará, no bairro de Val de Cães. Quem também confessou participação no crime de terça-feira (1º) foi José Darwin Lopes Rodrigues, 19 anos.



Marcos não parou as confissões por aí. Segundo seu ex-advogado, Josinei Silva, o jovem também confirmou os furtos próximos ao shopping. Foi justamente por isto que o especialista decidiu abandonar o caso e parar de defender Marcos. “Após reunião resolvi sair do caso Shopping Grão Pará. Por si só, Marcos jogou por terra tudo o que declarou no vídeo, e acabou me expondo de forma negativa perante a sociedade”, desabafou ao DOL.


O vídeo citado é o que Marcos diz ter sido acusado de forma leviana. Ele diz trabalhar como motorista de um aplicativo de corrida de automóvel e que temia que acontecesse algo com a vida dele e de seus dois filhos.


Ele alegou que seu cliente omitiu algumas coisas referente a sua conduta e inclusive teria revelado que a acusação que estavam fazendo contra ele nas redes sociais era verídica. “Fui até lá, a pedido da família, e conversei com ele onde o mesmo me relatou o que aconteceu”, disse.


“Gostaria de deixar claro que o advogado trabalha com a informação que o cliente nos trás e nele devemos ‘confiar’. Infelizmente o Marcos nos mostrou ser uma pessoa contraria do vídeo e eu junto com meus sociais não compartilhamos das atitudes posteriores que ele ocasionou”, finalizou o advogado.


(DOL)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS