Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
27°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Pará

Notícias Pará

9 milhões de brasileiros deixaram para comprar presentes na última hora

quinta-feira, 20/12/2018, 07:57 - Atualizado em 20/12/2018, 07:59 - Autor:


Faltando apenas 6 dias para o Natal, muitos consumidores brasileiros não perdem o velho costume de deixar tudo para a última hora. Segundo dados da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), 9,3 milhões de pessoas pretendem realizar as compras de Natal apenas nesta semana que antecede a comemoração, o que representa 8% dos consumidores que têm a intenção de presentear alguém neste fim de ano. O percentual é similar com o observado no Natal do ano passado, que estava em 9%.


Entre os que postergaram as compras natalinas para a última hora, a principal justificativa é a espera por promoções relâmpagos (55%) que podem ajudar a economizar na aquisição de presentes. Outros 22% estão aguardando o pagamento da segunda parcela do 13º salário, enquanto 14% alegam falta de tempo para procurar todos os presentes da lista. 


Há ainda 14% de entrevistados que admitem falta de organização e 5% que culpam a preguiça de fazer compras, deixando a tarefa para o limite da data comemorativa. A pesquisa também mostra que apenas 2% dos entrevistados vão adiar as compras natalinas para janeiro de 2019, preferindo aproveitar as liquidações de início de ano.Em um shopping de Belém, o movimento ontem já era maior do que nos dias anteriores do mês. Este ano, os clientes estão preferindo pagar ao menos parte das compras em dinheiro e o restante no crédito. A vantagem, segundo eles, é equilibrar as contas e evitar entrar com dívidas em 2019. 


CONSUMIDORES


A servidora pública Ana Magalhães, 57 anos, aproveitou a tarde de folga e foi ao local comprar presentes para a família e colegas de trabalho. A escolha dos itens levou em consideração o preço e a reserva de dinheiro que ela havia feito para esse gasto. “Não são presentes muito caros justamente para pagar tudo e evitar entrar o ano com dívidas”, disse a servidora.


A compra antecipada também tem outras vantagens. O período ainda é de promoções e de crédito mais facilitado para quem compra no dinheiro. As irmãs Antonieta Sales, 40, e Arlinda Sales, 37, passaram o dia quase todo andando de loja em loja. O objetivo era conseguir presentes de natal bons e baratos. Para saber se a pesquisa realmente valeu à pena bastou olhar para a quantidade de sacolas nas mãos, 5 no total. 


Dentro delas roupas e assessórios femininos. “Andamos bastante e a nossa média de preço por peça foi de R$ 35. Foi muito bom”, garante Antonieta. Parte da compra foi paga em dinheiro e a outra parte no cartão de crédito. A mesma opção fez a administradora Rosângela Nascimento, 47. A maioria dos presentes já foi comprada em outubro para evitar sufoco de última hora. Mas ontem ela e a filha foram comprar as últimas lembrancinhas que faltavam. “Aproveitamos para pedir descontos e pagar em dinheiro. O resto foi no crédito mesmo, super tranquilo”, avalia. 


6 DICAS PARA ECONOMIZAR NAS COMPRAS DOS PRESENTES


- Faça uma lista com os nomes de quem vai presentear e o quanto pretende gastar


- Pesquise preços em pelo menos três lojas diferentes, inclusive lojas on-line, sempre com antecedência


- Negocie sempre, sem pressa e com bom humor. Se pagar à vista, não tenha vergonha de pedir descontos


- Após o Natal é comum haver liquidações e promoções, portanto se puder deixe para presentear neste período


- Evite as compras por impulso. Antes de sair para as compras, a pessoa deve estipular o quanto pode gastar com cada presente e levar apenas o dinheiro contado, de preferência, deixando o cartão em casa


- Sempre vale a pena pechinchar. Pedir descontos e vantagens sempre foi e continua sendo uma forma interessante para economizar.


(Leidemar Oliveira/Diário do Pará)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS