Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis


25°
R$

Notícias / Notícias Pará

Notícias Pará

Acusado de envolvimento na morte de radialista se entrega a polícia

terça-feira, 20/11/2018, 18:02 - Atualizado em 20/11/2018, 19:45 - Autor:


Um vereador de Bragança, no nordeste paraense, se apresentou, na tarde desta terça-feira (20), na Divisão de Homicídios, em Belém, após ser acusado de envolvimento na morte do radialista Jairo Sousa. 


De acordo com informações da Polícia Civil, após ele terminar de prestar depoimento, ao delegado Dauriedson Bentes, ele será conduzido ao Sistema Penitenciário, pois tem mandado de prisão temporária decretado na operação "Pérola".


Na última sexta-feira (16), a casa e o carro de um dos envolvidos na morte do radialista foram destruídos após um incêndio na comunidade Parada Bom Jesus, às margens da rodovia BR-308, no município de Bragança, nordeste paraense.



O caso


O comunicador foi assassinado na madrugada de 21 de junho deste ano, no centro da cidade de Bragança, nordeste paraense. Ele foi baleado na porta do prédio onde funciona a rádio Pérola FM, quando chegava para apresentar mais uma edição do matinal 'Show da Pérola'.


Dois homens em uma motocicleta aguardavam pelo radialista. O que estava na garupa desceu e o alvejou com dois tiros.


Jairo foi socorrido para o Hospital Santo Antônio Maria Zaccaria, mas não resistiu aos ferimentos.


Segundo as investigações, o radialista foi morto porque fazia denúncias diárias contra a administração pública da região no rádio. Há 12 anos, ele usava colete à prova de balas devido às ameaças recebidas ao longo da carreira; naquele dia, porém, estava sem o colete.


A polícia diz que o grupo investigado como responsável pela morte do radialista atuaria no interior do Pará trabalhando com mortes por encomenda. 


(DOL)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS