Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis


26°
R$

Notícias / Notícias Pará

Notícias Pará

Saiba como a crença e a fé influenciam na saúde humana

quinta-feira, 04/10/2018, 14:18 - Atualizado em 04/10/2018, 14:46 - Autor:


É Círio outra vez, “o Natal dos Paraenses”, um dos momentos mais importantes para a comunidade cristão do Pará, época de receber parente de fora, reunir as famílias e viver momentos únicos, movidos pela fé e a crença.


Todos os anos a região Metropolitana de Belém recebe promesseiros, acompanhando as diversas romarias do Círio de Nazaré, seja na corda, fazendo os trajetos de joelhos ou simplesmente no meio dos fiéis, agradecendo à Nossa Senhora de Nazaré por graças alcançadas, como a saúde um parente ou amigo querido, o sonho da casa própria, um novo emprego, a primeira gravidez, assim como também se tornou comum, é ver fieis de outras igrejas ajudando os promesseiros  do Círio, com água, alimentos ou simplesmente apoio, em verdadeiros gestos de carinho e tolerância.


Para o psicólogo do Hapvida, André Assunção, a crença e a fé ajudam no desenvolvimento psicológico da pessoa, a medida em que ela passa a acreditar em algo, que faça sentindo e o incentive a persistir nos seus desejos e sonhos. Ter fé pode promover a produção de sentimentos positivos e influência na sensação de esperança contra as dificuldades.


“O principal sentimento que a fé pode desenvolver é a esperança de mudanças, de melhorar algo que naquele momento esteja ruim ou adoecido. Nos quadros de depressão, alguns estudos apontam que pessoas que exercitam a fé, esperança e crenças em melhorias, podem desenvolver um aumento na produção de serotonina (um dos neurotransmissores mais importantes para nosso cérebro, regulando humor, ciclo do sono, apetite, desejo sexual e memória. A falta de serotonina pode causar sintomas depressivos e ansiosos)”, afirma Assunção.


Ainda segundo o profissional, ter fé pode ajudar pessoas a encarar seus problemas de maneira mais leve. Isso não quer dizer que quem tem fé seja mais ou menos saudável. O importante é acreditar e buscar suporte naquilo que seja saudável para o organismo e para o psiquismo. É na perspectiva de melhorar, que todos buscam tratamento.


(Com informações do Hapvida)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS