Diário Online

Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$
Notícias Pará

Frente de posto de saúde no Jurunas vira lixão a céu aberto

quarta-feira, 26/09/2018, 07:25 - Atualizado em 26/09/2018, 07:50 - Autor:


Lixo e entulhos ocupam boa parte da entrada da Unidade Básica de Saúde (UBS) do bairro do Jurunas, em Belém. A cena incomoda, mas não é novidade para usuários do espaço e moradores da área que já estão acostumados com a situação. Os resíduos depositados em plena via, além de prejudicarem a circulação de pedestres e motoristas, também atraem os urubus.


Na tarde da última segunda-feira (24), uma equipe de reportagem do DIÁRIO flagrou o momento em que carroceiros despejam mais entulhos no local, situado na avenida Fernando Guilhon. O paciente enfermo que procura a unidade para receber algum tipo de atendimento é obrigado a caminhar próximo à sujeira e a inalar o odor nada agradável que exala do amontoado de lixo.


Foi o caso da dona de casa Marta Costa, 66 anos, que procurou atendimento no local e, mais uma vez, se deparou com a triste situação de abandono do espaço. “Incomoda muito. Faz muitos anos que tem esse lixão aí. A prefeitura todo dia tira e todo dia jogam de novo. Deveria ter um local para colocar lixo”, reclama.




(Foto: Ricardo Amanajás/Diário do Pará)


FISCALIZAÇÃO


Outra usuária da unidade – que preferiu não se identificar – explicou que houve uma época em que a Prefeitura de Belém disponibilizava funcionários para fiscalizar e tentar impedir que fosse depositado lixo no local. “São anos e anos e todo mundo joga, até eu, porque às vezes o coletor passa, mas não tira o lixo da frente das nossas casas”, dispara a moradora.


A Prefeitura de Belém, por meio da Secretaria Municipal de Saneamento (Sesan), informou que realiza a coleta regular de lixo ao longo da Avenida Fernando Guilhon. “Em frente da Unidade de Saúde a limpeza foi reforçada e equipes da Sesan, com apoio do Batalhão de Polícia Ambiental e Guarda Municipal, realizam fiscalização para combater o descarte de resíduo no local”. A nota diz ainda que “ações de educação ambiental também continuam sendo realizadas com feirantes do bairro”.


(Pryscila Soares/Diário do Pará)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS