Notícias / Pará

REVOLTA

Estudantes protestam e pedem justiça pela morte de professor após acidente de trânsito

Terça-Feira, 07/08/2018, 16:55:42 - Atualizado em 07/08/2018, 18:00:56 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Estudantes protestam e pedem justiça pela morte de professor após acidente de trânsito (Foto: James Oliveira / RBATV)
(Foto: James Oliveira / RBATV)

Alunos, amigos e professores do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará - IFPA, Campus Industrial realizam um protesto em frente a 21ª Seccional de Polícia de Marabá, na tarde desta terça-feira (7), pedindo justiça pela morte do professor Ederson Costa dos Santos, de 29 anos. Ele foi assassinado na madrugada do último sábado (4) após ter se envolvido em um acidente de trânsito.

Ronan Jardim participou do protesto e cobrou das autoridades o esclarecimento do caso depois que as imagens do sistema de monitoramento de uma empresa foram divulgadas. "Queremos que divulguem o nome do homem que atirou e que não caia no esquecimento, queremos justiça", declarou. "Nas imagens não vemos discussão, o que vemos foi um assassinato à queima roupa", reclamou.

A professora Rosemary Coutinho, colega de trabalho da vítima, disse que o professor Ederson Santos era alegre, carismático e que tinha uma empatia muito grande com todos. "É uma perda muito grande para todos nós, estamos aqui para cobrar justiça porque vimos as imagens das câmeras e é impossível entender, vimos o comportamento do professor, sempre calmo como era mesmo no dia a dia", enfatizou. 

A professora Ediléia Ferreira, amiga do professor Ederson há 4 anos, destacou com lágrimas as qualidades do amigo. "Ele era um professor de 29 anos que tinha mestrado e estava fazendo doutorado em automação, extremamente ético. Um servidor público que chegava no horário, trabalhava, profissional. Nada justifica a sua morte", disse emocionada.

Imagens registradas por câmeras de segurança mostram o momento exato do assassinato do professor Ederson Costa dos Santos, de 29 anos, ocorrido no último sábado (4). As cenas foram divulgadas nesta terça-feira (7) pelo Departamento de Homicídios da Polícia Civil.

(DOL com informações da sucursal de Marabá)





Comentários

Destaques no DOL