Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
31°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Pará

Notícias Pará

Princesa do Japão desembarca em Belém para cumprir agenda

sexta-feira, 27/07/2018, 07:14 - Atualizado em 27/07/2018, 07:21 - Autor:


A princesa Mako do Japão desembarcou na noite de ontem no Aeroporto Internacional de Belém, em cumprimento a série de visitas feitas por ela ao Brasil, para comemorar os 110 anos da imigração japonesa em território brasileiro. O Pará é o último estado a ser visitado pela representante da realeza nipônica, que esteve em São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná e Amazonas.


A chegada da princesa Mako aconteceu na área do desembarque internacional do aeroporto, e contou com a presença de representantes do consulado do Japão em Belém e da embaixada japonesa. Com todas as honrarias de um chefe de estado, ela estava cercada de seguranças e, sem falar com a imprensa, fez apenas um aceno para as lentes das câmeras fotográficas presentes no local.


A visita em solo paraense da princesa Mako vai acontecer em dois dias e vai servir para marcar a boa relação existente entre o Japão e o Pará, que completa 89 anos em 2018, a partir da chegada dos imigrantes japoneses ao Estado.


No roteiro de visitas, a alteza imperial japonesa estará hoje na cidade de Tomé-Açu, nordeste paraense, onde se concentra a terceira maior colônia Nikkei no Brasil, de japoneses que moram fora do Japão.


No segundo dia de visitação, a princesa Mako volta a Belém amanhã, quando visitará o complexo do Ver-o-Peso. Em seguida, a integrante da realeza japonesa encerrará a visita ao Pará na Associação Pan-Amazônica Nipo-Brasileira, localizada na travessa 14 de Abril, no bairro de São Brás, em evento solene que contará com a presença de autoridades japonesas. A volta da princesa Mako ao Japão será no dia 31 de julho.


5 estados


Ao todo, a princesa Mako visitou 14 cidades, onde estão concentradas as maiores comunidades ou colônias de japoneses no Brasil.


(Alexandre Nascimento/Diário do Pará)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS