Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
25°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Pará

Notícias Pará

Poucos homens fazem exames para evitar câncer

domingo, 06/05/2018, 08:12 - Atualizado em 06/05/2018, 08:13 - Autor:


Tabagismo, alcoolismo, obesidade e sedentarismo. Todos são fatores de risco para o surgimento de câncer. Pesquisa intitulada “Panorama sobre Conhecimento, Hábitos e Estilo de Vida dos Brasileiros”, da Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica (SBOC), aponta que quatro em cada dez homens brasileiros afirmam não realizar nenhum exame preventivo ao câncer. O levantamento mostra que há uma menor preocupação com a saúde entre homens com relação ao público feminino, já que apenas uma em cada dez mulheres não faz os exames periódicos. 


A pesquisa ouviu 723 homens no País (34% Sudeste, 25% Nordeste, 15% Sul, 16% Norte e 10% Centro-Oeste). No Pará, 40% dos entrevistados do sexo masculinos informaram não realizar exame preventivo, nem os mais simples, como os de próstata. Além disso, 8% dos homens entrevistados no Pará informaram que não conhecem o câncer de próstata; 4% não conhecem o de pulmão e 32% não conhecem o câncer de intestino.


Para o oncologista e diretor da SBOC, Volney Soares Lima, a circunstância que levam as pessoas a não realizarem os exames ou não procurarem os especialistas é multifatorial. “Falta acesso à informação sobre a existência de exames que podem diminuir o risco do câncer e/ou detectam no estágio inicial; também existe aquela ‘esperança’ de que nunca vai acontecer comigo e a outra questão é a falta de acesso à saúde”, afirma. “Às vezes a pessoa mora em um lugar distante, não dispõe de recursos para fazer exames e não consegue fazer pelo SUS (Sistema Único de Saúde)”, pontua.



TIPOS


Segundo ele, os tipos de cânceres mais incidentes entre os homens no Brasil são os de pulmão, próstata, intestino, estômago e os de pele. Além de adotar hábitos saudáveis como praticar atividades físicas, ter uma alimentação balanceada, rica em frutas e fibras, eliminar o tabagismo e evitar/eliminar o consumo de bebidas alcoólicas, Lima frisa que é importante que o público masculino, sobretudo acima dos 40 anos, procure especialistas para um acompanhamento periódico da saúde. 




(Pryscila Soares/Diário do Pará)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS