Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis


30°
R$

Notícias / Notícias Pará

Notícias Pará

Promotoria dá prazo para que Governo esclareça aumento da violência contra PMs

quinta-feira, 12/04/2018, 15:01 - Atualizado em 12/04/2018, 15:33 - Autor:


O promotor de Justiça Militar, Armando Brasil, deu entrada na manhã desta quinta-feira (12), junto ao Ministério Público do Estado do Pará (MPPA), a procedimento preparatório que visa apurar o aumento da violência contra policiais militares. A princípio foram solicitados esclarecimentos no prazo de 72 horas.


No documento, o promotor solicita ao comandante geral da PM respostas sobre as providências que estão sendo adotadas no sentido de garantir a integridade dos policiais fora de serviço, assim como dos familiares; a necessidade de manter policiais em trailer quando em serviço e esclarecimentos sobre armamento e cota de combustível paga às viaturas usadas em serviços da PM.





O promotor informou que também pesou na decisão de abrir o procedimento o ocorrido na noite de quarta-feira (11) quando uma policial militar foi baleada dentro de um trailer no bairro da Condor em Belém. Condição de trabalho reprovada pela promotoria.


"Eles têm que ficar em viaturas ou a pé dependendo do local e tem que estar em número mínimo de três. Se eles ficarem dentro de um trailer ou PM box eles são alvos", disse o promotor 'que ainda subsidia a forma ideal para que os policiais possam trabalhar.


"Cada viatura tem que ter três PMs no mínimo, algo que não ocorre atualmente, além disso o patrulheiro tem que portar arma longa do tipo fuzil ou carabina bem como tem que aumentar a quantidade de munição e combustível", esclarece Brasil.


Somente no primeiro trimestre de 2018, 19 policiais militares foram assassinados no Pará.


(DOL)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS