Notícias / Pará

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Turista morre após ser abandonada por cruzeiro turístico em Santarém

Sexta-Feira, 02/03/2018, 23:53:17 - Atualizado em 02/03/2018, 23:53:17 Ver comentário(s) A- A+

Turista morre após ser abandonada por cruzeiro turístico em Santarém (Foto: Reprodução/FolhaMT)
(Foto: Reprodução/FolhaMT)

Joana Margareth Kiln, de 66 anos, morreu nesta quinta-feira (1) após passar dias internada em um hospital no município de Santarém, oeste paraense. A turista inglesa era passageira do cruzeiro turístico “Cruise Maritime Voyage” e vinha da Inglaterra, no Reino Unido, quando passou mal na vila de Alter do Chão, sendo abandonada pela empresa, posteriormente, em uma unidade de saúde.

Os funcionários do Hospital Municipal de Santarém (HMS) informaram que Joana não falava português, tinha problemas cardíacos e, depois de sofrer um infarto, foi levada para o setor de reanimação.

Ainda de acordo com o relato dos funcionários, após a reanimação Joana disse que embarcou sozinha no cruzeiro e desembarcou apenas em Santarém depois de ter passado mal, quando foi procurar atendimento médico.

Em nota, o Hospital Regional do Baixo Amazonas comunicou que a paciente deu entrada na unidade no dia 20 de fevereiro e faleceu na noite do dia 1 de março. A unidade aproveitou também para “se solidarizar com a família neste momento de luto”.

ABANDONO

Elizabete Sousa, médica clínica geral, explicou em entrevista que o quadro clínico de Joana “era muito grave, pois ela apresentava hipertensão, diabetes, pneumonia e insuficiência cardíaca”.

Além disso, a idosa teria procurado atendimento primeiramente em uma unidade particular da cidade de Santarém, porém o local não tinha recursos e ela precisou ser encaminhada para o HMS.

Foram os médicos da unidade hospitalar que acolheram Joana, tendo em vista a situação de abandono pelas pessoas da tripulação do navio, que em nenhum momento acompanhou a paciente durante os procedimentos médicos. Os médicos também tentaram contato com o Consulado Britânico e a empresa responsável pelo cruzeiro, mas não tiveram respostas.

(Com informações do portal FolhaMT)



Conteúdo Relacionado:





Comentários