Notícias / Pará

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Veja quando o sinal analógico irá terminar no Pará

Quinta-Feira, 08/02/2018, 10:28:54 - Atualizado em 08/02/2018, 10:44:38 Ver comentário(s) A- A+

Veja quando o sinal analógico irá terminar no Pará (Foto: Marco Santos/Diário do Pará)
A Seja Digital é a empresa responsável pelo processo de transição do sinal analógico para o digital. (Foto: Marco Santos/Diário do Pará)

A partir do dia 30 de maio, o sinal analógico das televisões abertas será desligado em Belém e outros onze municípios paraenses. Com isso, a programação de todos os canais abertos passará a ser transmitida apenas pelo sinal digital. Para quem tem aparelho de tubo e é beneficiário de programas sociais do Governo Federal, é possível receber o kit (com conversor e antena) gratuitamente.

Responsável pelo processo de transição do sinal analógico para o sinal digital no Brasil, a Seja Digital explica que, por regra, o sinal analógico só pode ser desligado se pelo menos 93% da população da cidade já estiver recebendo o sinal da TV digital. Para que tal meta seja alcançada, a entidade orienta a população a garantir esse acesso. “Nosso compromisso é não deixar ninguém para trás”, afirma o presidente da Seja Digital, Antônio Carlos Martelletto.

Ele explica que os televisores de tela plana fabricados a partir de 2010 já possuem o conversor embutido e necessitam apenas de uma antena para acessar o sinal digital da TV aberta. O digital também já está garantido para quem possui televisão por assinatura, seja via cabo ou satélite. Já quem possui televisores sem conversor embutido, como as de tubo, precisará de uma antena e de um conversor para acessar o sinal digital – que apresenta melhor qualidade em imagem e som.

Para democratizar o acesso à televisão, as pessoas cadastradas como detentoras de baixa renda ou que sejam beneficiárias de programas sociais do Governo Federal têm direito de receber um kit gratuito que garantirá o acesso ao sinal mesmo nos televisores mais antigos. O kit é composto por antena, conversor com controle remoto e demais acessórios necessários para a instalação. Somente nos 12 municípios paraenses que terão o sinal analógico desligado em maio, serão distribuídos mais de 345 mil kits.

DIREITO

Para solicitar o kit, a população deve acessar sejadigital.com.br/kit ou ligar gratuitamente para o número 147 e informar o Número de Identificação Social (NIS) para que sejam agendados o dia, horário e local de retirada dos equipamentos.

Para estimular a população que receber o kit a realizar a instalação, a gerente regional do Seja Digital, Neilza Buarque, revela que a empresa desenvolveu a campanha ‘Instalação Premiada’. Após receberem o kit gratuito, as pessoas que realizarem a instalação verão um número com 5 dígitos que deverá ser anotado. Com este número em mãos, o cidadão pode se inscrever no site www.sejadigital.com.br/concorra para concorrer ao sorteio de trinta cartões no valor de R$2 000 cada.

MUDANÇA MUNDIAL

Além do Brasil, outros 55 países passam pelo processo de transição do sinal analógico para o digital.Belém, Ananindeua, Barcarena, Benevides, Bujaru, Cachoeira do Arari, Colares, Marituba, Ponta de Pedras, Santa Bárbara do Pará, Santa Izabel do Pará e Santo Antônio do Tauá terão o sinal analógico desligado no dia 30 de maio deste ano.

(Cintia Magno/Diário do Pará)







Comentários